Vocabulário básico de francês para viagem

Muitas pessoas me escrevem receosas de virem à França sem saberem falar  francês. Para ajudar, resolvi reunir o vocabulário básico de francês para viagem.  Mas atenção, não é nenhum dicionário, nem guia exaustivo 🙂 São somente algumas palavrinhas ou frases que podem ser úteis na hora do aperto ou quando você quiser abordar alguém para pedir uma informação. Afinal, os franceses não são diferentes dos outros povos, todo mundo fica feliz de ver um turista que tenta pelo menos dar bom dia na sua lingua 😉 Alors, bonjour !!!

Bonjour - Autor: Miguelb - Flickr

Antes de começar a minha “listinha”, gostaria de tentar quebrar o mito de que os franceses são grosseiros e “anti-turistas”. Não acho que isso seja verdade! Simplesmente, a maior parte dos turistas vêm a Paris. A famosa “cidade Luz” pode ser linda de morrer, mas para as pessoas que moram aqui, ela não passa de uma cidade como outra qualquer. E essas pessoas, na maior parte do tempo, não estão nem aí pra Torre Eiffel, elas estão correndo para pegar o metrô, apressadas para chegar no trabalho, para voltar para casa ou para pegar os filhos na escola. Os Parisienses não são mal-humorados, eles são estressados, como qualquer pessoa que mora numa cidade grande. Vai pedir a um Paulista em plena hora de rush para te explicar como você faz para chegar ao Parque do Ibirapuera 🙂 Então, a dica é escolher a pessoa certa para perguntar alguma coisa. Observe as pessoas antes de tentar a sorte… Escolha de preferência um jovem ou estudante (que normalmente fica feliz de “treinar” suas aptitudes linguísticas 🙂 ) ou então, pessoas mais idosas (que normalmente são calmas e bem-avontadadas, mas você corre o risco de só falarem francês mesmo…). Se você for visitar uma cidadezinha pequena, longe de Paris, vai ver que as pessoas são bem mais tranquilas e dispostas a ajudar 🙂

Bienvenue - Autor: Rhian Vk

Mais um pequeno aparte: vou tentar escrever ao lado das palavras e das frases o jeito de falar. Mas não tenho nenhuma técnica “profissional”para isso. Só tento escrever o som “do meu jeito”. Boa sorte 😉

 

Como cumprimentar:

* Bom dia – Bonjour (“bonjurr”) – Pois é, “bonjour” é a base mesmo 🙂 Para os franceses, educação é um elemento indispensável para uma convivência cordial. Então, JAMAIS pergunte ou peça alguma coisa a um francês sem dizer um super “BONJOUR” com um belo sorriso. Isso abrirá as portas para você em 90% dos casos. Os outros 10% são franceses apressados, mal-humorados ou mal-educados (também existem! 🙂 ) O “bonjour” serve o dia todo. Para melhorar ainda mais, se fôr uma mulher, diga “bonjour Madame” (“bonjurr madam”) e se fôr um homem diga “bonjour Monsieur” (“bonjurr mêssiê”).

* Boa noite – Bonsoir (“bonsoar”) – É utilizado à noitinha, a partir de umas 5 ou 6 horas da tarde.

* Olá – Salut(“salú” – com o u que faz biquinho 🙂  ) É utilizado entre pessoas que se conhecem. Entre desconhecidos, prefira o clássico “bonjour”.

* Muito prazer – Enchanté(e) – (“anchantê”)

* Meu nome é… – Je m’appelle… (je mapéle…)

* Como se chama? Comment vous appelez-vous ? (“comâm vu zapelê vu”) 

* Como está? Comment vas-tu? (“coman va tiu” – u com biquinho novamente) – se você conhecer a pessoa ou Comment allez-vous? (“coman talê vu”) mais formal, utilizado entre pessoas que não são muito próximas ou quando falamos com pessoas mais velhas)

* Muito bem, obrigado(a). Très bien, merci. (“trré bian, merrci”)

* E você – Et toi? (“Ê tuá”) ou e o senhor(a) ? Et vous? (“Ê vú”)

* Como vai o senhor(a)? Comment allez-vous? (“coman talê vú”)

* Como vai (você) ? Comment vas-tu? (“coman va tiu” – dá-lhe biquinho!)

* Tudo bem? Ça va?

* Tenha um bom dia – Bonne journée (“bóne jurnê”) – utilizado durante o dia quando você vai sair de algum lugar e se despedir da pessoa.

* Tenha uma boa noite – Bonne soirée (“bóne soarê”) – utilizado nas mesmas circunstâncias do “bonne journée” mas à noitinha.

* Tchau! Salut! (“Saliu” – para não ficar sempre repetindo a mesma coisa, toda vez que uma palavra tiver um “u” sozinho, tem que fazer biquinho, como se o “u” fosse encostar no seu nariz 🙂 )

* Adeus – Au revoir (“ô revoarr”)

* Até logo – À tout à l’heure (“à tu tá lérre”)

* Até breve / até à próxima – À bientôt (“à biantô”)

* Até à vista – À plus 

Palavras de cortesia:

Merci - Autor: Zigazou 76

* Obrigado(a) / Muito obrigado(a) – Merci / Merci beaucoup (mérci / mérci bôcu) – Sempre diga “merci” quando pedir ou perguntar alguma coisa a um francês. Eles detestam gente ingrata ou mal-educada. Aliás, essa é uma das primeiras palavras que as crianças aprendem na escola aqui 🙂

* Obrigado(a), igualmente – Merci, vous de même (“mérci, vu de méme”)

* Agradeço-lhe a sua ajuda – Je vous remercie de votre aide (“je vu remérci de votréde”)

* Muito obrigado(a) por tudo – Un grand merci pour tout (“an grran mérrci purr tu”)

* De nada / não tem de quê – De rien / il n’y a pas de quoi (“de rian, il ni a pa de quá”)

* Por favor – S’il vous plaît (“cil vu plé”)

* Desculpe – Pardon (“parrdon”)

* Com licença – Excusez-moi (“excuzê moá”)

* Sinto muito / tenho muita pena – je suis vraiment désolé (“je sui vrréman dêsolê”)

* Desculpe o atraso – désolé d’être en retard (“dêsolê détre an retarr”)

* Desculpe incomodá-lo – désolé de vous déranger (dêsolê de vu dêrrangê)

* Não tem importância / não faz mal – ce n’est pas grave (“ce né pá grrave”)

* Desejo-lhe uma boa viagem – Je vous souhaite un bon voyage (“je vu suéte un bon voiage”)

 

 Pedir Indicações / Informações:

Ruas de Paris - Autor: Zigazou 76

* Eu estou procurando: o metrô / o restaurante… / o hotel… / a estação de trem / o aeroporto – Je cherche (” je chérch”) : le metrô / le restaurant (“le restôrran”) / l’hôtel (“lôtél”) / la gare (“la gárr”) / l’aéroport (“laêrropórr”)

* Onde posso pegar um taxi ? Oú puis-je trouver un taxi? (“u puije trruvê un taxí”)

* Onde posso pegar o ônibus ? Oú puis-je prendre le bus? (“u puije prrendrre le bius”)

* Onde fica a rua / praça / avenida – Je cherche la rue / place / avenue (“je chérrch la riu / place / aveniu”)

* Eu gostaria de ir – Je voudrais aller (“je vudré alê”)

* Sabe onde fica – Savez-vous oú c’est (“savê vu u cé”)

* Vá: à direita / à esquerda / sempre em frente – Allez: à droite / à gauche / tout droit (“alê: à drroát / à gôch / tu drroá”)

* Sim – Oui (uí)

* Não – Non

* Desculpe, não entendi – Pardon, je n’ai pas compris (“parrdon, je nê pá comprrí”)

* Pode repetir? Pouvez-vous répéter ? (“puvê vu rêpêtê”)

* Pode falar mais devagar por favor ? Pouvez-vous parler plus lentement s’il vous plaît ? (“puvê vu parlê plu lanteman cil vu plé”)

* O senhor (a senhora) fala inglês / português / espanhol ? Parlez-vous anglais / portugais / espagnol ? (“parlê vu anglé, portiugué, espagnol”)

* Qual é o preço ? Combien ça coûte? (“combian ça cut”)

* Precisa de mais alguma coisa? Avez-vous besoin d’autre chose? (“avê vu besoan dôtrr chôz”)

* Sim, eu gostaria – Oui, je voudrais… (“uí, je vudré”)

* Não, é tudo – Non, c’est tout (“non, cé tu”)

* Vai pagar como ? Vous payez comment? (“vu peiê coman”)

* Vou pagar em dinheiro – Je veux payer en espèces (“je vê peiê an espéss”)

* Vou pagar com cartão – Je veux payer par carte (“je vê peiê párr carrt”)

No restaurante:

Restaurante Francês - Autor: Nedoho - Flickr

* Gostaria de uma mesa para 2/3/4 pessoas – Je voudrais une table pour deux/trois/quatre personnes (“je vudré unn táble purr dê/trroá/quatrr perssónn”)

* Posso consultar o cardápio, por favor ? Puis-je avoir le menu, s’il vous plaît ? (puíje avoarr le menu, cil vu plé”)

* Vocês têm um menu do dia ? Avez-vous un menu du jour ? (“avê vu un menu du jurr”) – o “menu du jour” (menu do dia) costuma ser uma ótima opção na França. Normalmente eles não são caros e incluem um prato principal e uma entrada ou sobremesa (ou os dois). É a melhor maneira de comer bem, bastante e barato 😉

* Posso ter uma garrafa de água? Puis-je avoir une carrafe d’eau ? (“puíje avoárr unn carráff dô”) – A “carrafe d’eau” também é uma boa maneira de economizar nas refeições na França. Normalmente, quando a gente escolhe um menu, as bebidas não estão incluídas. Mas se você pedir uma “carrafe d’eau”, eles trazem uma jarra de água (da bica) para a mesa, mas você não precisa pagar 🙂

* Quero: uma cerveja, uma garrafa de vinho, uma coca cola, um copo de água, uma salada, uma sobremesa – Je voudrais: une bière, une bouteille de vin, un coca, un verre d’eau, une salade, un dessert (“je vudré: unn biérr, unn butéi de van, un coca, un vérr dô, unn salád, un dessérr”)

* Com ou sem gás? Plate ou gazeuse ? (“plát ô gazêse”)

* A conta por favor – L’addition s’il vous plaît (“ladiciôn cil vu plé”)

Bom, espero que a listinha ajude 😉

Se quiserem acrescentar outras frases ou palavras importantes, é só me dizer…

“Bon voyage”!!

À propos de Luciana Ferreira

Cheguei na França em 2006, meio por acaso, graças a um intercâmbio da faculdade. Me apaixonei por esse país moderno, acolhedor e cheio de charme. Acabei gostando e ficando, ficando, ficando... Consciente de que nem sempre é facil achar informações credíveis sobre os lugares quando estamos longe, pretendo contar prá vocês as pequenas (e as grandes) coisas do quotidiano, das tradições e do turismo na França que me fascinam. Talvez mesmo, desfazer alguns mal-entendidos e acabar com os clichês. Aqui, a cultura, a história, a gastronomia, o savoir vivre são apenas algumas das tantas coisas que nos seduzem e encantam. Jurista de formação, apaixonada pela escrita, estou criando este espaço para partilhar com todos os interessados, esse encantamento pela cultura e pela vida francesas.
Ce contenu a été publié dans Cultura, Dicas, Jeito de Viver, Sociedade, avec comme mot(s)-clé(s) , , , , , , . Vous pouvez le mettre en favoris avec ce permalien.

177 réponses à Vocabulário básico de francês para viagem

  1. Karine Lugão dit :

    Boa tarde, Luciana

    Tudo bem?

    Pretendo ir a Paris, mas estou com receio pois não falo nada de francês nem de inglês. Pretendo baixar o tradutor offline e levar essas dicas suas aqui do blog.

    Você acha que eu consigo me virar bem assim?

    Esse é meu receio

    Obrigada .

    • Oi Karine,
      Olha, acho que da pra se virar sim.
      Hoje em dia você ja pode organizar a maior parte das coisas pela internet, os bilhetes de trem, metrô, etc você pode comprar nas maquinas que existem nas estações e para comprar comida, você pode escolher um menu que esteja exposto do lado de fora (se for num restaurante) ou então nos supermercados você pega o que quer e paga na caixa (so precisa saber falar bonjour et au revoir kkk).
      Um abraço e boa viagem para você ! E feliz ano novo !!

  2. Albacelly dit :

    Olá!
    Estou em Paris pela primeira vez e suas dicas estão me ajudando muito. Quero agradecer por sua publicação. Merci.

  3. oi luciana
    que legal seu blog
    estou começando a estudar JUNG para pós graduação
    e a leitura em frances me ajudaria muito pois tem muita coisa da psicanalise e psicologia e linguagem em frances
    quem sabe um dia ne, ate conhecer a frança , um sonho a ser realizado
    um abraço e parabens

  4. helena dit :

    Bom dia! Gostei muito de seu blog.
    Meu maior sonho é conhecer Paris, mas quero escolher uma época mais quente. Não gosto de muito frio.
    Pelo que li em seu blog , a melhor época seria junho?
    Entao, em 2018 , irei.
    Abraços e mito obrigada pelas dicas
    Helena

  5. roque medina dit :

    Olá Luciana,

    Acessei seu blog agora e me encantei, pois eu e minha esposa, que moramos em Salvador/Bahia, iremos a Paris em janeiro 17 e sabemos muito pouco (na verdade, quase nada) e as suas dicas são maravilhosas, vão nos ajudar bastante. Parabéns e FELICIDADES!!!
    http://www.avidafrancesa.com/vocabulario-basico-de-frances-para-viagem/#commentform
    Muito obrigado.

    • Débora Lima dit :

      Oi Luciana,
      Amei!!!! Sou uma apaixonada por Paris, nunca fui… mas pretendo ir no próximo ano.
      As suas dicas foram ótimas.
      Abç,

  6. Maria dit :

    Olá Luciana, boa tarde!
    Desde já grato por suas preciosas informações.
    vamos visitar Paris de 23 a 27 de junho de 2017, como não sei falar muito bem, estou com algum receio.
    Somos 4 pessoas, quais os restaurantes imperdíveis que nos indica para esta curta passagem?

    Grande Abraço e Au Revoir!

    • helena dit :

      Boa tarde! Vou estar em Paris entre 15 a 25 de julho. Tenho mais de 50 anos. Que lugares me indica a noite?

  7. Barbara dit :

    Boa Noite Luciana!

    Já comecei estudar o básico que você colocou no site, mas por segurança, gostaria de saber se você tem indicação de estudante brasileiro que more em Paris para fazer tradução em alguns dias da minha estadia, também fotografar… rs… com preço acessível. Vou a Paris de 03 a 10 de julho de 2017. Vou iniciar um curso básico de francês, mas é bom uma ajudinha. Espero sugestões…

    Muito Obrigada!

    Barbara

    • Virginia dit :

      Barbara, quanto tempo fizeste de curso? Farei em outubro duas semanas de francês básico. Acho que fiquei com medinho hahahha

  8. Melissa Gaiva dit :

    Eu melhorei muito meu Francês de casa, professores nativos online, melhor curso online que eu já fiz. Pra quem estiver interessado: https://preply.com/pt/skype/professores-conversacao-em-frances

  9. PRISCILAMOURA dit :

    Boa noite!
    Farei uma viagem no mês de novembro para Paris, e tenho algumas perguntinhas:
    1) Qual seria a estação predominante deste mês e se é muito frio.
    2) Tem alguma necessidade de comprar algum chip local para o uso? Se sim, qual seria?
    3) E melhor o uso de metro ou táxi?
    4) Poderia me indicar lugares para alimentação próximos aos pontos turisticos.

    Obrigada.

    • Pedro De Lucca dit :

      Olá Luciana, boa tarde!
      Desde já grato por suas preciosas informações…estaremos viajando no carnaval de 2017 para uma curta temporada em Paris, estarei chegando dia 20/03 e vou para Roma dia 24/03.
      Estarei com minha família, somos 4 pessoas, o q indica como passeios e restaurantes imperdíveis para esta curta passagem?
      Temperatura muito baixa?!
      Grande Abraço e Au Revoir!

  10. Priscila Cabral dit :

    Obrigada por disponibilizar esse conteúdo. Anotei no meu caderninho de Francês. Muito grata! Bjs !!!

  11. Máira Tiago Nogueira Lemos dit :

    Boa noite! Querida autora do blog maravilhoso que está me atualizando sobre Paris. Farei uma viagem no mês de outubro para Paris, e tenho algumas perguntinhas:
    1) Qual seria a estação predominante no mês de Outubro e se é muito frio ou quente?
    2) Tem alguma necessidade de comprar algum chip local para o uso? Se sim, qual seria?
    3) E melhor o uso de metro ou táxi?
    Atenciosamente,
    Sua nova e maravilhada leitora.
    Máira

  12. Branca Bogado dit :

    Boa tarde Luciana…irei para a França..em setembro…desdte ano..estarei na parte norte da França..nos castelos…gostaria de conhecer Ex provence…terra de Paul Cezanne…como faço para ir??? TGV?? Daria?? Me disseram que da para ir andando..verdade?? Como faço??? Obrigada

    • Oi Branca,tudo bom ?
      Sinto muito não ter podido te responder antes, mas tive vários problemas técnicos no blog e não estava recebendo as mensagens das pessoas. Além disso, com as crianças de férias, tudo fica mais complicado 🙂
      Não sei se você ainda esta na França e se as informações ainda são necessárias.
      Se você ainda estiver precisando de ajuda me fala !
      Um abraço

  13. Pedro Testi dit :

    Bom dia Luciana..
    Temos viagem marcada para França em 24/10/2016, e vamos ficar cinco dias em Aix en Provence. Gostaria de saber se possível se existe o trem TGV direto do Aeroporto Charles de Gaulle para Aix en Provence. Caso não exista qual ou quais as melhores forma de transporte do Aeroporto Charles de Gaulle até a estação de trem TGV. Abraços e ótima semana.

    • Oi Pedro, bom dia.
      Olha, o TGV para Aix-en-Provence parte da Gare de Lyon. Nao tem TGV direto do aeroporto.
      Para ir do aeroporto até à Gare de Lyon, o mais simples é pegar o Bus Direct, o ônibus da Air France que faz a ligaçao entre o aeroporto e a Gare de Montparnasse. A linha 4 passa pela Gare de Lyon antes de ir até Montparnasse.
      Um abraço e boa viagem !

  14. Fátima da Conceição Valadão Carriello dit :

    Bom dia!!
    Me chamo Fátima e sou apaixonada pela língua francesa…desde os tempos de escola me encanto por esta língua…fiz francês nos tempo de colégio e já adulta, fiz um ano de curso pelo consulado francês, mas, não completou turma para a segunda etapa…o que foi uma pena!! O tempo é pequeno para que eu possa me aprimorar, pois trabalho o dia inteiro e faço faculdade à noite….me encanto sempre quando vejo alguma reportagem à respeito de Paris…me transporto nas viagens dos amigos e nas imagens que sempre vejo de lá..

  15. paola dit :

    olá Luciana, sou paola, eu queria saber se vc tem algum email. eu queria poder treinar com vc o que já aprende em frances vc tem facebook sem ser página p gt conversar pelo bate papo?

    • Oi Paola, tudo bom ?
      Olha, eu tenho e-mail e Facebook sim, mas fica difícil pra mim dar os meus contatos pessoais para todo mundo do blog.
      Além do mais, eu não tenho tempo para ficar no bate papo do Facebook.
      Tente procurar um grupo de estudantes de francês. Acho que seria melhor para você treinar 😉
      Um abraço,

  16. GLEIDE dit :

    BOM DIA…

    LUCIANA, ADOREI AS DICAS…

    NO MÊS DE JUNHO É VERÃO EM PARIS CORRETO, MAS NÃO É UM VERAO COMO NOSSO NO BRASIL, QUAIS AS VESTES MAS APROPRIADAS PARA ESTE PERIODO?

    BJUS!!!

  17. Luciana Pereira Rossi dit :

    Bom dia Luciana

    Estou indo a Paris semana que vem. Qual as roupas mais adequadas pra levar (primavera)?

    Gostaria de receber as frases adequadas no momento em que somos apresentadas a alfuém (tipo: saudação, é um prazer conhecer, agradeço por me receber, etc)

    Obrigada,

    Luciana
    Uberaba- MG

    • Oi Luciana,
      Acho que você ja deve estar em Paris, e como esta vendo, nao esta fazendo super calor 🙂
      Quanto às frases, se alguém te apresenta você fala “enchantée, Luciana” (prazer, eu sou a Luciana) ou entao “ravie de faire votre connaissance” (é um prazer conhecê-lo).
      Obrigada por me receber é “merci pour votre accueil”.
      Talvez ainda seja util 🙂
      Um abraço

  18. Maria Luiza dit :

    Olá Luciana, tudo bem?
    Adorei seu blog. Suas dicas de frases são ótimas, com certeza nos ajudarão muito. Vamos à Paris a semana que vem e queremos conhecer o Museu da Música. Gostaria de saber em qual “eme” fica e se é afastado do centro e se tem taxi para a volta. Não sabemos ainda em qual hotel ficaremos, pois a Europamundo só comunica na semana do embarque.
    Desde já obrigada e beijos

  19. claudia sampaio dit :

    lucinha adorei seu blog estou indo à Paris em Abril e não sei nada de francês, tampouco dos lugares atraentes e pitorescos existentes gostaria de muitas informações
    agradecida
    excelente comunicação. irei imprimir e ler tudoooooo!!
    muitíssimo obrigada!!!

  20. LILLIANY dit :

    Muito bom ! Ter educação sempre é bom, e suas frases chaves são ótimas ! Vc pode fazer uma “listinha” de frases mais comuns usadas em aeroportos ? Tipo: Onde fica o portão tal, ou o balcão da companhia aérea. E perguntas e respostas na imigração.
    Sucesso pra vc !
    Grata. 🙂

  21. Beth dit :

    Bom dia Luciana! Estarei indo no final de novembro para Paris com meu filho. Quero muito levá-lo à Disney. Na segunda quinzena de novembro funciona normalmente? Qual o melhor meio de trasporte até lá? e a volta é até que horas?

  22. juliano vidal dit :

    Olá, tudo bem ? Estava pesquisando alguns texto básicos de françes, pois irei a Paris em julho de férias e não falo nada de frances. Bom, li sua orientações e adorei, era isso mesmo que eu estava procurando. Parabéns e merci.

  23. Diego Prates dit :

    Bom dia Luciana!!!
    Parabéns pelo blog, desde que minha esposa e eu compramos as passagens para Paris não fico um dia sem visitar sua pagina.
    Gostaria de uma dica: como faremos para sair do aeroporto Charles de Gaulle e irmos para o Hotel Nation Montmartre Paris, 4 Rue Boissieu, 75018 Paris, França ?

    • Ola Diego, que legal ! Espero que vocês curtam bastante essa viagem 🙂
      Para ir do aeroporto até ao hotel, o melhor é pegar o RER B na estação que fica junto do aeroporto (tem que seguir as instruções do terminal onde você chega ou perguntar no centro de informações): “Aeroport Charles de Gaulle 2 TGV”. Ir na direçao de “Saint-Rémy-lès-Chevreuse”. Descer na estação “Gare du Nord”. Nessa estação pegar a linha 4 do metrô na direção de “Porte de Clignancourt”. Descer na estação de “Barbès-Rochechouart” e depois tem que andar uns minutinhos até o hotel.
      Um abraço e boa viagem para vocês !

  24. FLORIANA NASCIMENTO dit :

    Luciana, mt obrigada pelas dicas. Vou ficar em um hotel em bicentre, Novotel Port D’Itale. Vi que é perto da linha 3 do elétrico, mas pode me dar dicas e opções de linha de metrô ou trem, pois tenho um dia e meio livre para ver o que puder do centro turístico. É perigoso este local a noite para voltarmos da torre, por exemplo? Obrigada, abç

    • Oi Floriana, tudo bom ?
      Olha, a Porte d’Italie não é conhecida como sendo perigosa não.
      Na própria porte d’Italie você pode pegar a linha 7 do metrô que vai até ao centro da cidade (ao Louvre, por exemplo).
      Um abraço e boa viagem !

  25. Sara Elisa dit :

    Simplesmente fantastico, adorei ajuda
    iniciei o curso de frances recentemente e seu blog forneceu um ótimo incentivo. adoro essa lingua. att 🙂

  26. Tamara dit :

    Olá, Luciana. Parabéns pelo blog!!
    Irei sozinha a Paris, pela primeira vez. Por favor, pode me dizer como me deslocar do Aeroporto de Orly até o Hotel De la Félicité que fica na “Rue de la Félicité”? Obrigada!!!

    • Ola Tamara, tudo bom ?
      Olha, para ir de Orly até à Rue de la félicité, você tem que ir pegar o RER C no Pont de Rungis (siga as indicações no aeroporto) na direção de “Montigny-Beauchamp”. Depois você desce na estação da “Bibliotheque-Francois Mitterrand” e pega a linha 14 do metrô na direção de Saint-Lazare até à Gare Saint-Lazare. Chegando la, tem que pegar a linha L do trem da SNCF na direção de “Nanterre-Université”. E descer na estação “Pont Cardinet” (é logo a estação seguinte).
      Depois é so andar uns minutinhos até à Rue de la Félicité.
      Boa viagem para você.
      Um abraço

  27. Rosyane dit :

    olá . primeiro boa tarde ! parabéns pela iniciativa , sou apaixonada pela lingua francesa . acho um maximo … fico feliz que ainda existam pessoas no mundo dispostas a ajudar que não conhece .. seu blog me ajudou bastante .. estou mais confiante em começar um curso . obrigada !

  28. fatima rios dit :

    Adoreiiiiiiiiiiii!!! Estou indo para França em março e resolvi procurar me atualizar um pouco.estudei um pouco de francês a muito tempo atrás, mais de trinta anos e fiquei muitos satisfeita em saber que escrevo o básico bem ainda e as pronuncias ainda são boas,rsrsrs. Só precisava saber exatamente o que precisava para falar um pouco e não ficar voando como se fala.VC me auxiliou exatamente no que precisava.SHOW!!! BRIGADUUUU!!!!!!!!!!!!

  29. renato prata dit :

    GOSTEI DE TODAS AS INFORMACOES…OS FRANCESES SAO MITO FORMAIS …A LINGUAGEM DO PORTUGUES E ABERTO SEM OFENDER NINGUEM TUDO E ACEITAVEL…..

  30. Isaque M.X dit :

    Olá, bom dia! Esse guia certamente me será muito util para a viagem. Grato pela ajuda Luciana, certamente recomendarei o seu agradabilissimo site!

    Se não for incomodo… poderia sanar uma duvida? Ouvi dizer que os franceses são muitissimo liberais, entretanto ouvi também que alguns podem ser muitissimo conservadores… Logo pela sua experiencia pessoal há alguma possibilidade de ocorrer algum mal estar se eu estiver acompanhado de meu noivo?

    • Ola Isaque, tudo bom ?
      Fico feliz que você esteja gostando do blog.
      Quanto ao fato de estar acompanhado do seu noivo, acho que vocês não devem ter problemas.
      Os Franceses são muito discretos e Paris é uma cidade moderna. Eles não são a favor nem contra os gays. Tudo é uma questão de respeito. Se você não incomodar as pessoas nem tiver atitudes muito ostentatórias, ninguém quer saber o que você faz na sua vida pessoal.
      Um abraço !

  31. Fê Prado dit :

    Parabéns por sua iniciativa Luciana, muito obrigada por sua colaboração!!! 🙂

  32. Olá, Luciana Ferreira
    Depois de tanto procurar encontrei o seu blog que adorei, sem dúvida alguma que me ajudou bastante com as dicas que aprendi em Francês, uma vez que gosto de falar com os turistas.
    Já agora gostaria que me desse mais algumas dicas no sentido de eles turistas em conversação, connosco portugueses, se sentissem bem ” isto é como em casa”.
    Por outro lado penso também tirar um curso desta lingua que adoro uma vez ter já algumas bases.
    Obrigado e um beijinho
    À bientôt

  33. maria rodrigues dit :

    Olá, Luciana! Amando seu blog! Uma ótima iniciativa, estou aprendendo bastante.
    Irei à Paris no final do ano, passarei o ano novo. Estou com algumas dúvidas e acho que você pode me ajudar.
    Gostaria de saber os nomes e tradução dos pratos mais típicos da culinária francesa e /ou os pratos mais encontrados nos restaurantes.
    Como passarei a virada de ano em Paris, gostaria de saber quais são as opções, o que a cidade oferece na noite de reveillón.

    Desde já, obrigada e um grande abraço

  34. Suely dit :

    aDOREI O SEU BLOG, ADORO FRANCES COMECEI UM CURSINHO A MUITO TEMPO ATRÁS, MAS QUERO RETORNAR, PRETENDO IR A PARIS ALGUM DIA.
    ADOREI AS SUAS DICAS.

  35. Sandra Choi Marchesano dit :

    Como se diz em francês:

    Espero vocês em Bauru!

    Obrigada,
    Sandra

  36. Gustavo dit :

    Olá Luciana!
    Gostaria da sua ajuada se possível?
    Vou ficar 3 dias em Paris, quais os principais pontos turisticos que você recomenda visitar ?

    Obrigado

  37. FABIO SOARES dit :

    Luciana,

    Achei ótimo suas dicas com as expressões e observações sobre a pronúncia. Estou me aventurando no mundo do Francês e estou gostando muito. Como havia dito, é um outro mundo!

  38. MARILIA dit :

    Boa tarde Luciana.

    adorei seu Blog, parabéns!!

    você saberia me dizer se tem curso de francês gratuito, de 1 semana?

    À bientôt!!!

  39. João Weber Rodrigues de Andrade dit :

    Cara Luciana: bom dia! Inicialmente, parabéns pela iniciativa de um blog como este. Estou para chegar no aeroporto de Paris Charles de Gaulle e estarei me hospedando no Hotel Ibis Paris Berthier 17 éme, 10 rue Bernard Buffet, 17º arr. Qual a melhor opção de transporte para chegar lá? Grato, João Weber.

    • Oi Joao Weber, tudo bom ?
      Fico feliz que você esteja gostando do blog.
      Para chegar do aeroporto ao seu hotel, o melhor é pegar o RER e depois o metrô.
      No aeroporto você pega a linha B do RER na direçao de “Saint-Rémy-lès-Chevreuse”.
      Desce na Gare du Nord e troca de linha.
      Pega a linha E do RER na estação Magenta, em direção de “Haussmann-Saint-Lazare”.
      Chegando là, tem que pegar a linha 13 do metrô em direção a “Asnieres-Gennevilliers Les Courtilles”.
      Desce na estação “Brochant” e depois é so ir andando até ao hotel…
      Um abraço e boa viagem !

      • João Weber R. de Andrade dit :

        Muito obrigado, Luciana. Que Deus te abençoe!

      • pgoncalv dit :

        Olá Luciana,

        Descobri o seu site e devo dizer que está fantástico.

        O seu “dicionário” está demais. Já imprimi e li com muita atenção.

        Sou de Portugal e vou viajar para Paris e gostaria que me pudesse dar uma informação:

        Do aeroporto de Orly para Rue Saint-Jacques, 75005 Paris, como fazer para chegar ?

        Toda a informação que consigo encontrar está incompleta… do aeroporto até um bus ou metro, nada de muito esclarecedor.

        Obrigado,

        • Ola Paulo, como esta ?
          Fico feliz que esteja a gostar do blog.
          Olhe, para criar percursos e ver quais são os melhores meios de transporte de um ponto a outro da cidade, o melhor é consultar o site da RATP (transportes de Paris).
          Do aeroporto, você tem que pegar uma navette até ao Pont de Rungis, onde você vai pegar o RER C (trem) na direção de Montigny-Beauchamp.
          Depois tem que descer na estação “Saint-Michel Notre-Dame”.
          Um abraço e boa viagem !

    • Nany dit :

      Estou em Paris e andar de metrô com malas não é uma boa opção, pois há muitas escadas nas linhas que utilizei até o momento.

  40. Flávio dit :

    Olá Luciana, tudo bom?

    Belas dicas vou precisar bastante =D

    gostaria de uma informação qual a maneira mais fácil para chegar no Hotel Du Roussilon 23 Rue Paulin Méry, 75013 Paris chegando pelo aeroporto de Orly, eu estarei partindo de barcelona/paris.

    • Oi Flavio, tudo bom ?
      Olha, para ir do aeroporto de Orly até ao Hotel do Roussilon você tem que pegar uma navette no aeroporto até ao RER C.
      Chegando la, você pega o RER na direçao de Pontoise e desce na estaçao Gare d’Austerlitz.
      Na gare você pega a linha 5 do metrô na direçao da Place d’Italie. Chegando nessa estação, basta você ir andando até ao hotel.
      Um abraço !

      • Flávio dit :

        Oii Luciana,
        estou bem e você?
        muito obrigado pela resposta, o que você acha desse hotel que escolhi e o bairro, bom ou você me indicaria outro?

        att,

        Flávio

        • Oi Flavio,
          Por aqui tudo bem 🙂
          Olha, Hotel du Roussillon é simples e a decoração bem básica. Mas o preço é bom e a localização também. Mesmo se ele não fica bem no centro da cidade, o 13ème é um bairro movimentado, onde você pode aceder facilmente aos transportes. Ele é conhecido como sendo o “bairro asiático” porque a maior parte da comunidade Chinesa de Paris mora nesse bairro. A comida é boa 🙂
          Quanto a outras opções, tem dois hotéis no 13ème que eu prefiro ao Hotel du Roussillon. Um é o Ibis da Place d’Italie.
          Eu gosta da rede Ibis porque os hotéis são modernos, super confortáveis e os preços são ótimos. Eu aprecio a relação qualidade/preço desses hotéis.
          Senão, tem um outro que é muito bom também, mas é de uma gama um pouco superior, então o preço também é um pouquinho mais alto. Mas se você reservar com antecedência, eu acho que pode compensar: é o Hotel Henriette. Ele fica no 13ème, mas mais na direção do centro da cidade, ja quase chegando no Quartier Latin. È um hotel menos conhecido, mas eu acho a decoração super moderna e cheia de charme. Os preços são bem corretos e a localização é ótima.
          Se você quiser obter mais informações sobre esses hotéis ou reservar, basta clicar nos links acima.
          Um abraço,

  41. Alan dit :

    Se eu comprar e não quiser usar detax eu sou obrigado a guarda as notas fiscais de compras e mostrar na alfândega ou posso guardar nas malas normalmente sem problemas. Por exemplo quero trazer capacetes de moto. Posso colocar nas malas normalmente. Comprar perfumes, oculos Agora se eu usar detax tenho que mostrar os produtos na alfândega? Entendeu a minha dúvida.

    • Oi de novo Alan,
      Olha, se você quiser receber o reembolso dos impostos pagos, você terá que mostrar as notas fiscais e respeitar as regras locais.
      Isso quer dizer que mesmo que a sua mercadoria esteja na mala, eles podem solicitar que você mostre o que comprou. Entao, para evitar problemas, o melhor é regularizar a documentação do detaxe antes de fazer o check-in.
      Um abraço

  42. Alan dit :

    Como faço para sair do aeroporto de Orly para o hotel Mercury van Girard
    Metro ou táxi?

    • Oi Alan, como vai ?
      Olha, o Hotel Mercure Vaugirard fica no 15ème arrondissement, 69 Boulevard Victor – 75015 Paris.
      Na minha opinião, o melhor é ir de metrô.
      Para isso, você deve pegar a linha C do RER no aeroporto na direção de Pontoise.
      Você desce na estação “Musée d’Orsay” e a linha 12 do metrô em direção a “Mairie d’Issy” e desce na estação “Porte de Versailles”.
      Depois é so ir andando até ao hotel…

  43. Emanuele dit :

    Olá Luciana!
    Como você acha mais fácil chegar ao Hotel ibis Paris Berthier Porte de Clichy
    10 rue Bernard Buffet 75017 saindo do Aeroporto Charles de Gaulle?
    Obrigada!

    • Oi Emanuele, tudo bom ?
      Desculpa ter demorado tanto para te responder, mas essas ultimas semanas foram meio complicadas. Na verdade, eu tirei férias e ai já viu… trabalho e blog atrasados 🙂
      Bom, não sei se você ainda esta precisando da informação, mas aqui vai…
      A partir do aeroporto Charles de Gaulle, depende do terminal onde você vai chegar. Eu fiz essa simulação de trajeto com base no Terminal 2:
      – Você tem que pegar o RER – Linha B na direção de “Massy-Palaiseau”
      – Descer na estaçao “Gare du Nord”
      – Pegar a linha 2 do metrô na estaçao “La Chappelle” na direção de Porte Dauphine (Maréchal de Lattre de Tassigny)
      – Descer na estaçao “Place de Clichy”
      – Mudar de linha: pegar a linha 13 na direção de Asnieres-Gennevilliers Les Courtilles
      – Descer na estaçao “Brochant”
      Depois, é so você andar um pouquinho até ao seu hotel. Esse trajeto todo demora em média 1 hora.
      Espero ter ajudado.
      Um abraço,

  44. Sarah dit :

    Olá Luciane,
    Estou indo para Paris em outubro e só falo português, vc acha q consigo me virar sem falar nem inglês? Sair do aeroporto por exemplo, pegar um metrô. Fico com medo….
    Amei as dicas..

  45. Douglas Ribeiro dit :

    Boa Noite Luciana!!!

    Parabéns pelo site. E pelas dicas, de grandes utilidades!!!

    Gostaria de saber, o caminho mais viável, do aeroporto Charles de Gaulle, para a estação Gare Du Nord ?Iremos mês que vem…ai seria ótimo a dica !!! Ou se de taxi ficaria muito caro a taxa, essas coisas !
    Desde então, muito obrigado!!!!!

    • Oi Douglas, tudo bom ?
      Fico feliz que o blog esteja te ajudando.
      Olha, para ir do aeroporto Charles de Gaulle até à Gare du Nord, o melhor é pegar o RER (trem).
      Você pode pegar o RER B no Terminal 1 do Aeroporto (existem indicações) em direção à St-Rémy-les-Chevreuse – Robinson. Depois é so descer na estação “Gare du Nord”.
      Um abraço e boa viagem para vocês 🙂

  46. Grace dit :

    Olá Luciana,tudo bem?
    Gostaria de agradecer pelas dicas super valiosas.
    Estarei viajando no pròximo mês e estava perdida.
    O seu guia de vocábulario salvou! 🙂

  47. Bivaldo Guedes dit :

    Cadê o meu “Bien veniur” paris Luciana,
    esta língua é muito linda acima de tudo pesada e complicada mas depois a gente se acostuma e ganha rotina….

  48. Diogo dit :

    Estou em Paris agora… meu namorado mora aqui, mas pra ser educado temos que ao menos saber o basico, é a minha primeira vez aqui, estou encantado, a cada metro quadrado é um prédio ou monumento incrivel. Obrigado pelas dicas.

  49. Débora Vanessa dit :

    Salut Luciana!Estou começando a decifrar um pouquinho desse idioma lindíssimo, a listinha ajudou muito 😉 Merci!

  50. Jaqueline dit :

    Olá Luciana! Muito bom o seu post! De utilidade impar 🙂
    Je t’aime Paris! :*

  51. amanda lima dit :

    Agora já posso ir pra Paris falando um pouco de frances comprei a passagem pra maio do ano que vem não preciso ne falar english merci

  52. Rubens Barros de Azevedo dit :

    Salut, Luciana! Parabéns pelo seu belíssimo trabalho que tem ajudado a muita gente!
    Moi-même! Viajaremos para Paris dia 12.06, em seguida, para Auxerre, a fim de assistir o casamento da sobrinha da minha esposa. Tal e qual tantas pessoas que postaram comentários aqui no seu sempre ótimo blog, também só aprendi francês na escola, sei lá há quantos anos… Quando não se dialoga numa língua diferente da nossa, é natural que esqueçamos o vocabulário e, claro, a pronúncia das palavras.
    Estamos na fase de procurar um apartamento ou mesmo hotel cuja diária seja razoável, considerando o binômio custo/benefício. Vimos alguns, mas não chegamos a nenhuma conclusão, por enquanto! Seremos 2 casais, permanecendo em Paris somente 2 dias. Detalhe: Minha esposa é portuguesa, eu sou brasileiro (moramos em Natal/RN) e o outro casal é português (ela, minha cunhada). Portanto, que fique registrada a nossa satisfação por encontrar o seu utilíssimo blog. Continue esse belo trabalho e que Deus a abençoe sempre e à sua família!

    • Oi Rubens, tudo bom ?
      Fico muito feliz que o blog esteja ajudando vocês 🙂
      Quanto a boas opções de apartamentos, eu escrevi um post com varias sugestões:
      Se você não encontrar o que esta procurando me fala que eu dou uma olhada !
      Para reservar, é so clicar nos links que estão no post ou entao fazer uma pesquisa no nosso motor de buscas.
      Um abraço e até breve !

  53. giselle dit :

    ADOREIII as dicas….aliás adorei todas os posts rsrs
    Nao querendo abusar…mas rsrs geralmente qdo viajamos algumas pessoas perguntam de onde somos . Tipo are you from e em francês como seria… escreve xomo fala tbm rsrs eu vou imprimir esse post pra me virar em paris :*

    • Oi Giselle, que bom que as dicas estão te ajudando 🙂
      Olha, “Where are you from” em francês seria “d’où venez-vous” (dû venê vû) ou “vous venez d’où” ? (vû venê dû) 🙂
      Um abraço e boa viagem !

  54. Rodrigo dit :

    Olá Luciana, primeiramente parabéns pela matériae pelo seu site! Vai ser de muita serventia pra mim que tenho o Francês iniciante.
    Você poderia me dizer qual a forma certa para a seguinte pergunta:
    Gostaria de reservar uma mesa para 2 pessoas.

    Muito obrigado!

  55. Priscila dit :

    Olá,
    Gostaria de saber onde encontro bons brechós em Paris. Ah!!! se o inglês já é aceito.

    merci.

    • Olá Priscila,
      O lugar mais conhecido pelos inúmeros brechós em Paris, é o “Marché aux Puces”, na Porte St. Ouen.
      Dá pra se virar com o inglês em Paris sim, mas somente nos locais mais turísticos ou se você falar com jovens.
      Um abraço

  56. Hanna dit :

    Olá Luciana!!

    Gostei muito desse post do seu blog. Sexta feira fico de férias e estou bem insegura, não vou para a França mas sim para St Barth, uma ilha no Caribe onde se fala francês, e gostaria de ter mais algumas frases afiadas, já que adorei o fato de vc ter escrito a pronuncia. Como devo perguntar sobre a reserva no hotel? E sobre o carro que aluguei? E também gostaria de perguntar sobre dicas de passeios a pessoal do hotel. Pode me ajudar nessas 3 frases? Agradeço desde já.

    • Oi Hanna, tudo bom ?
      Vou tentar escrever as suas frases, mas é dificil sem o contexto…
      – Quanto à reserva, quando você chega no hotel, você pode falar: “Bonjour, j’ai une réservation au nom de …” – Bom dia, eu fiz uma reserva em nome de…
      – Quanto ao carro é mais ou menos a mesma coisa: “Bonjour, j’ai réservé une voiture au nom de… Pouvez-vous me dire quels sont les modèles disponibles?” – Bom dia, eu reservei um carro em nome de … Poderia me dizer quais são os modelos disponíveis ?
      – Dicas de passeios: Bonjour, pouvez-vous me dire quelles sont les promenades les plus intéressantes dans les alentours ? – “Bom dia, poderia me dizer quais são os passeios mais interessantes pelos arredores ?”
      Bom, espero ter ajudado…
      Um abraço e uma ótima viagem para vocês 🙂

  57. Nanci Abbate Izzo dit :

    Olá Luciana,
    Gostei muito do seu blog,estudei francês,mas por não ter com quem falar,esquecí muito. Desde pequena desejo conhecer a França,agora aos 6o anos ganhei dos meus filhos a viagem,sou cadeirante,estamos pensando em alugar apartamento em Paris,parece ser mais barato que hotel.Vc pode,se possível,me indicar aptos que tenham acesso ?
    Desejo que vc seja sempre feliz e realizada na França,fica com Deus,abs ,Nanci

    • Olá Nanci, como vai?
      Fico feliz que você tenha gostado do blog e que esteja finalmente vindo a Paris 🙂
      Quanto a apartamentos com acesso para cadeirantes, eu sugiro:
      * O Apparthotel Citadines Montmartre – Ele fica bem localizado, os apartamentos são modernos e elegantes, e a cozinha equipada permite de viver alguns dias como verdadeiros parisienses 🙂
      * O Adagio Paris Bercy Village – Esses apartamentos também são ótimos. Eles ficam num bairro moderno e elegante, cheio de restaurantes, bares e com acesso fácil aos principais monumentos da cidade. O preço também é interessante e as prestações são ótimas.
      Para reservar, basta você clicar sobre os links que eu coloquei na mensagem ou então fazer uma pesquisa no nosso motor de buscas.
      Obrigada pela sua gentileza e pelo carinho na sua mensagem.
      Um forte abraço e desejo que essa viagem seja inesquecível 🙂

  58. paulo cruz dit :

    Olá boa noite. Irei á frança no início de março, costuma se frio por ai!

  59. lívia dit :

    luciana , boa noite,
    como turista eu posso ficar no máximo quantos meses em Paris.
    como é o campo de trabalho na aicidade, você acha que seria possível uma brasileira arrumar um trabalho temporário por lá para bancar a viagem.
    aguardo retorno
    livia

    • Oi Lívia, tudo bom?
      Como turista você pode ficar até 3 meses na França. Arranjar trabalho temporário acho que deve ser possível, mas a questão é saber como fazer se você vai estar na cidade como turista…
      Acho que em bares ou restaurantes você pode conseguir arranjar alguma coisa…
      Um abraço e boa sorte 🙂

  60. Olá, adorei conhecer seu Blog. Gostaria que me traduzisse a frase.
    “Preciso alugar uma cadeira de rodas elétrica.”

    Obrigada pela atenção. Au revoir… 😉
    http://www.avidafrancesa.com/wp-content/plugins/wp-monalisa/icons/wpml_scratch.gif

    • Olá Clotilde, como vai?
      Fico feliz que você esteja gostando do blog 🙂
      Bom, aqui vai a sua frase: “Bonjour, j’aimerais louer un fauteuil roulant électrique, s’il vous plait”.
      À bientôt!

    • Rosalvo moraes dit :

      Olá Luciana,… muito interessante o seu trabalho,_só gostaria de saber de você, se é possível colocar áudio em suas lições para que possa-nos facilitar na pronúncia, para que tenhamos um aprendizado melhor e eficaz.
      Se puder me responder, ficarei muito grato.

      Merci beaucoup.

      • Oi Rosalvo, como vai?
        Fico feliz que o blog esteja sendo útil. É verdade que eu ainda não desenvolvi muito essa parte de aprendizagem da pronúncia e da língua em geral. Mas vou ver se arrumo um jeito de colocar um audio nos posts de vocabulário.
        Se eu conseguir, eu te aviso.
        Um abraço e à bientôt 🙂

  61. Cláudia Viegas dit :

    Olá, Luciana! Na sua opinião, qual é a melhor época do ano para se visitar Paris? Me refiro ao clima.

    Obrigada,
    Cláudia

  62. Divany dit :

    Luciana, boa tarde.
    Em fevereiro vou realizar o sonho de uma vida: vou à Paris! Como não falo francês (o pouco conhecimento que tenho adquiri na década de 1960, quando tive aulas no (agora) ensino médio), achei o seu blog o máximo! Meu maior interesse em Paris é o Louvre. Vou em excursão, porque na minha idade dá um pouco de medo em se aventurar – mas o pacote não inclui essa visita. Você poderia me ajudar, informando preços e se o Museu abre todos os dias? Obrigada, abraços.

    • Oi Divany, como vai?
      Realmente o Louvre é o máximo!!
      Olha, eu dei algumas dicas sobre o museu num post para os “Turistas de Primeira Viagem” 🙂
      Se faltar alguma informação que você ache importante me fala.
      Um abraço e boa viagem!!

      • Luciano dit :

        Olá! Sobre o Louvre, seria legal lembrar que tem um domingo gratuito, se não me engano, o primeiro (ou seria o último) de cada mês!

        Considerar também olhar o site na INTERNET, pois o Museu é relamnete grande e se montar uma programação, ajudará na vistia. Quando escolhi uma das 3 áreas, fiquei visitando por 5 horas e, nem de longe posso dizer que olhei tudo! Para ser bastante sincero, houve muitas obras que apenas olhei; outras nem vi. Cinco horas me rendeu umas boas dores nas costas 😆

        É fail chegar o Louvre de metrô; É bem fácil se deslocar lá dentro (você retira um mapa, logo na entrada) mas é possível também fazer uma “visite guidée”. Bonne journée!

        • Oi Luciano!
          Obrigada pelas dicas, realmente isso é tudo bem importante de saber…
          Quanto ao primeiro domingo de cada mês (fora os meses de alta temporada) eu já falei várias vezes aqui no blog…
          Um abraço,

  63. Junior dit :

    Salut Luciana, Comment vas-tu?
    Como falar para o taxista francês o endereço do hotel?
    Parabens pelo blog!!!

    • Salut Junior,
      ça va très bien, merci. Et toi?
      Com os taxistas, o melhor é você escrever o nome do hotel e o endereço num papelzinho e falar: “Bonjour Monsieur, j’aimerais aller dans cet hôtel, s’il vous plait”, ou então “Bonjour Monsieur, pouvez-vous nous emmener à l’hôtel XXX ,s’il vous plait?”
      Um abraço,

  64. Sandra dit :

    Oi Luciana!!

    Seu blog salvou nossa vida!! Embarcamos na próxima quinta-feira 16/10 e fiz uma “colinha” com suas dicas de como falar! Francês é muito difícil. Ainda bem que arrasto um inglesinho…
    Muito obrigadaaaa!
    Abraços

  65. kelen gowert dit :

    oi luciana eu tenho 12 anos e desde que eu sonhei um dia que estava na frança não consigo mais para de pensar na frança e espero muito que minha família me leve para frança.
    adorei o seu vocabulário e agora vou começar a treinar a linguá francesa, pois é muito difícil de achar um site ou blog que fale como a gente fala em francês certo
    adorei o seu blog
    beijos tchau
    🙂

    • Legal Kelen… Muito bom. Você tem a idade do meu filho. Continua dando uma olhada no blog porque o Léo está começando a escrever alguns posts sobre a cultura francesa, a escola aqui, etc… De repente vocês podem se corresponder… Espero que você goste dos textos dele 😉
      Volte sempre…
      Beijo

  66. Eliana Barbosa da Silva dit :

    Olá Luciana, Tudo bem? Comecei a estudar francês no mes passado e encontrei o seu blog por acaso. Adorei as frases básicas juntamente com a pronúncia.
    Como eu falo espanhol estou surtando com a pronúncia do francês.
    Un abrazo y suerte.
    Eliana.

    • Oi Eliana, tudo bom?
      Realmente a pronúncia francesa é difícil… Eu já estou aqui há bastante tempo e todo mundo repara que eu tenho um “pequeno sotaque” 🙂
      Mas acho que o principal é conseguir comunicar, afinal, a gente não nasceu aqui mesmo… Então, fazer o quê ? 😉
      Beijo

  67. Nice dit :

    Olá Lu,
    Procurei um topico para que pudesse postar essa dúvida, mas acabei postando aqui mesmo, desculpe-me.

    Tenho uma dúvida, irei com uma amiga a Paris, dividimos o mesmo apartamento no Brasil, será que há possibilidades de passarmos pela imigração juntas? Pois levaremos o dinheiro para nossas despesas, apenas em uma única conta, a minha, e tambem um único cartão internacional que será o meu. Isso pode ser um problema?

    Agradeço desde já 🙂

    • Acho que não… Se vocês têm a mesma nacionalidade, acho que vocês podem passar juntas. É uma questão de explicar a situação de vocês ao agente da alfândega (se ele perguntar alguma coisa…). Mas por via das dúvidas, talvez fosse bom vocês levarem um comprovativo de que vocês moram juntas e eventualmente uma prova de que a sua amiga transferiu dinheiro para a sua conta…
      Espero ter ajudado…
      Um abraço,

  68. Nice dit :

    Ai que tudo Lu,
    Você arrasa, obrigada por todas as dicas 🙂

    Bjs

  69. fabiana dit :

    Infelizmente terei de discordar de você desta vez Luciana. 1 ponto: Franceses são secos e grosseiros sim numa proporção que nunca vi antes. O atendimento, pelo menos no aeroporto Charles de Gaulle é péssimo, chegando ao ponto de funcionários de informações se recusarem a responder em inglês dizendo que não sabiam falar a lingua e simplesmente saírem andando mesmo depois dos habituais Bon jour silvous plait. Isso nunca aconteceria em são Paulo como você citou no exemplo. Alias.. Nem em são Paulo e nenhuma outra cidade da America do Sul! Cheguei com minha mae, uma senhora, e com duas malas.. Viemos de trem/metro para Paris e para nossa surpresa não existe escada rolante que suba! Depois de 20 min penando pra levar as malas escada acima no braço, adivinhe só: apenas uma mulher Chinesa e um homem indiano se ofereceram para ajudar. E não, eles não eram franceses. Mas como já ouvi por aí, brasileiro que é mimado no agrado… Né? Tirando isso, a cidade é linda mas, Preferi Aix en Provence! As pessoas são infinitamente mais simpáticas e prestativas quando percebem que você não é de lá. Me senti mais acolhida e descontraída. Adoro seu blog de qualquer forma.. Abraços!

    • Oi Fabiana, tudo bom?
      Olha, concordo que nem todos os franceses são simpáticos e prestativos (sobretudo em Paris). Mas não estou fazendo propaganda barata aqui não 🙂 Eu só relato a minha experiência pessoal… Já cruzei pessoas muito simpáticos e outras antipatiquíssimas na França. Mas a idéia que eu fiquei não é que os franceses são antipáticos mas que existem Franceses antipáticos (como ingleses, alemães, espanhóis, portugueses ou brasileiros). No entanto, é lógico que os brasileiros são culturalmente mais prestativos e atenciosos. Isso é indiscutível. No meu post, eu só dei a dica de que estatisticamente, quando a gente é educado, tem mais chances que as pessoas tenham vontade de ajudar 🙂
      Mas você tem razão, Paris é a cidade mais “antipática” da França. Nas pequenas cidades do interior, as pessoas costumam ser muito mais descontraídas e acessíveis.
      Quanto aos funcionários do aeroporto (assim como os das estações de trem), eles são muito mal vistos aqui na França. São funcionários que trabalham para empresas com estatutos especiais, onde eles têm mais vantagens do que qualquer outro trabalhador na França. E ainda assim, eles acham um jeito de estar sempre reclamando, tratando mal as pessoas e ainda vivem fazendo greve…
      Mas enfim, o negócio é fazer abstração disso tudo e curtir bastante a linda cidade que é Paris 😉
      Um abraço e até breve…

  70. Ana Lucia dit :

    Adorei seu blog, foi muito bom e curti muito o seu vocabulário pq me fez lembrar do meu tempo de estudante qdo eu adorava frances….Vou a Paris agora em agosto e certamente utilizarei alguma de suas dicas..Abr

  71. José Carlos dos Santos Pereira dit :

    Em agosto vou à Paris vindo do Rio de Janeiro, desembarcando no Charles de Gaulle com destino a Bruxelas inicialmente, por meio de excursão da Abreutur; estou preocupado com relação à procura da gare e se existe lá algum local da Air France que nos oriente e como receber as passagens de trem. Desde já agradeço as dicas e a atenção!

    • Olá José Carlos…
      Olha, acho que para ter detalhes da excursão o melhor é contactar a agência organizadora. Eles devem poder explicar direitinho quem vai esperar vocês na gare e onde vocês devem pegar os bilhetes…
      Um abraço e uma ótima viagem para vocês…

  72. Andreia dit :

    Luciana, Parabéns pelo excelente Blog!!! Eu e minha família chegaremos em Paris dia 01/08, justamente nas férias Européias, né? No entanto, está valendo, pois conheceremos Paris pela 1ª vez.
    Luciana, por favor, gostaria de conhecer o Vallée du Loire, ma somente 01 dia, assim, o que vc aconselha, trem, excursão ou outra opção.
    Obrigada pelas ótimas dicas!!!!

    • Oi Andréia, tudo bom? Desculpe a demora, mas não consegui responder a sua mensagem antes da viagem…
      Para visitar a Vallée de la Loire em família e dispondo de somente um dia, acho que o melhor é alugar um carro. Assim, vocês ficam livres de ir onde quiserem, podem partir bem cedo e voltar tarde, elaborando o trajeto de acordo com o que vocês pretendem visitar…
      Bom, espero ter ajudado apesar do atraso na resposta…
      Um forte abraço e boa viagem 😉

  73. Hadassa dit :

    Bonjour Luciana! como faço para perguntar a respeito de minha reserva em um hotel assim que chego ao local ?

    • Salut HAdassa, ça va?
      Olha, chegando no hotel você pode falar:
      “Bonjour, J’ai une réservation au nom de …” (Bom dia, tenho uma reserva em nome de…)
      Voilà…
      Um abraço e boa viagem…

  74. elizangela dit :

    que blog maravilhosooo!!
    parabéns..estou indo em julho à paris, não arranho francês..mas vou começar a treinar poderia me passar seu e-mail pra que eu possa tirar umas dúvidas se não for muito incômodo…obrigada bjus

  75. Maria Gabriela dit :

    Olá obrigada pelas dicas, vão ser importantes na minha visita a Paris, lembro-me alguma coisa, mas já foi há muitos anos que aprendi um pouco de frances., vou estar de 31 de Maio a 4 de Junho. na rua de Montoy. hotel axel opera paris.
    Sou de Portugal

  76. Paula dit :

    Ola Luciana!

    Estou adorando seu blog, pois vou a Paris em 22/09 e estou bem ansiosa.
    Obrigada por postar várias dicas =)

    Abraços.

  77. Fernanda dit :

    Muitoooo legal a dicas.

    Estou indo com meu marido para Paris no dia 8 de maio, e gostaria de uma dica sobre Versalhes, vamos ficar hospedados próximo ao Arco do Triunfo, como faço pra chegar ao castelo a partir de lá?

    Abraços!!

  78. José Pereira Marques dit :

    Para quem estudou Francês há mais de 50 anos, é um auxiliar precioso. Obrigado (Merci beaucoup).

  79. leila moreira dit :

    Luciana, seu blog é ótimo. Vamos a Paris em junho e uma das pessoas é deficiente físico. Como alugar em Paris (via Brasil) uma cadeira de rodas motorizada? Obrigada, leila

  80. Rejane dit :

    Salut Luciana!!! Comment ça va? Uma coisa complicada para mim, é a pronuncia do “R”. Aprendi que ele deve sair da garganta, a língua não treme. Tenho praticado, mas ainda me enrosco…..rs…..Amei o seu vocabulário Básico!!! Todas as informações são muito bem vindas!
    Merci beaucoup!!!
    À bientôt!!!

    • Salut Rejane !! Moi ça va très bien, merci. Et toi?
      Pois é, pronúncia é uma coisa complicada mesmo… Mas se isso pode te consolar, a gente tem dificuldade de pronunciar o “R” deles, mas eles também não conseguem de jeito nenhum enrolar a lingua para falar o nosso “R” :-))
      Mas enfim… o negócio é não desistir e continuar treinando.
      Um abraço e bonne chance 😉

  81. Chris dit :

    Gostaria que vc postasse sobre musicas que estao tocando no momento.

  82. cerise dit :

    Merci!!!! Agora nos resta treinar muito super beijo…estou adorando teu blog!!! <3

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

😉 😐 😡 😈 🙂 😯 🙁 🙄 😛 😳 😮 mrgreen.png 😆 💡 😀 👿 😥 😎 ➡ 😕 ❓ ❗