Receita de Natal: Entrada Requintada ao Foie Gras

Eu sei que estou devendo essas receitas com foie gras há meses… Estou consciente: é uma vergonha! Mas a vida é assim, as horas vão passando, os dias correm, os meses voam e quando a gente se dá conta, mais um ano está chegando ao fim… E foi assim que esse ano passou para mim… voando 🙂 Muita coisa para fazer, muita correria, muitas alegrias, milhões de sorrisos e carinhos, várias dificuldades, algumas tristezas, mas sempre muita esperança e fé no coração. E 2014 está chegando!!! Que ele nos traga muitas coisas boas, Paz, alegria, amor e saúde… O resto, a gente está aqui é pra isso mesmo: vamos correr atrás 😉  E no meio desse blá, blá, blá, aqui vai a primeira receita de foie gras do ano (Aleluia!!). Vou tentar publicar outras, mas nas atuais conjunturas, não vou nem prometer 🙂 Para começar temos essa que é uma ótima receita de natal: Entrada Requintada ao Foie Gras. Uma delícia!!

Entrada Requintada ao Foie Gras

Essa entrada costuma fazer o maior sucesso aqui em casa. Ela é delicada e surpreendente. Eu faço em pequenas “verrines” individuais. A mistura de texturas e de sabores é muito gostosa. Não esqueçam de me dizer se gostaram 😉

Ingredientes para 6 pessoas:

– 200 g de mascarpone

– 2 ovos (separe as gemas das claras)

– 180 g de foie gras (quem quiser experimentar a receita mas nao conseguir achar o foie gras ou achar muito caro, pode substitui-lo por um patê de figado bem consistente. O gosto nao é o mesmo, mas dà para lembrar 🙂 )

– 6 fatias de pão de mel (na França eu utiliso um pão típico que se chama “pain d’épices”. Imagino que não deve ser fácil de achar no Brasil nem em Portugal. Mas eu vou tentar fazer hoje uma receita que eu descobri desse pão. Se ficar boa, depois eu publico aqui 🙂 )

– Doce de figo ou outro doce da sua preferência

– sal e pimenta a gosto

Modo de Fazer:

Corte as fatias de pão de mel (ou de pain d’épices) em cubos. Dispose-os numa forma e leve ao forno durante alguns minutos para que eles fiquem meio douradinhos. Atenção para não queimar…

Pain d'épices

Enquanto isso, corte 6 fatias finas de foie gras do tamanho da sua verrine. Para cortar o foie gras, utilise um cortador específico para foie gras ou então uma faca comprida que você deve passar na água quente antes de cortar cada fatia. Se a faca não estiver quente, o foie gras vai ficar todo esmigalhado e as fatias não vão ficar bonitas.

Bloco de Foie Gras

Pegue os pedacinhos de foie gras que tenham sobrado, ponha-os numa vasilha e amasse com um garfo. Adicione o mascarpone e as gemas e misture bem. Reserve.

Creme de mascarpone

Bata as claras em neve e incorpore-as delicadamente à mistura de mascarpone e foie gras.

Para a montagem, pegue as verrines e forre o fundo com os quadradinhos de pão. Cubra com uma camada do creme de mascarpone. Coloque uma fatia de foie gras e aperte ligeiramente para que os ingredientes se acomodem melhor, deixando menos espaços vazios. Complete a verrine com uma nova camada de creme de mascarpone.  Cubra-as com papel aderente e deixe-as na geladeira por pelo menos 8 horas. Se você puder fazê-las na véspera, melhor ainda 🙂

Entrada Requintada ao Foie Gras

Retire as verrines da geladeira uns 15 minutos antes de levá-las à mesa. Quando os ingredientes estão menos gelados, ficam mais saborosos. Na hora de servir, adicione uma camada de doce de figo (para mim é o que combina melhor com essa receita).

Entrada Requintada ao Foie Gras

Para acompanhar em grande estilo uma entrada ao foie gras, nada melhor do que um vinho adocicado (“moelleux”). Longe de ser uma especialista em vinhos, eu sugiro modestamente um Jurançon, que eu aprecio particularmente 😉

Se quiser saber um pouco mais sobre o sujeito, dê uma olhada no nosso artigo sobre “A Origem Histórica do Foie Gras“.

Et voilà, bon appétit !!

 

 

À propos de Luciana Ferreira

Cheguei na França em 2006, meio por acaso, graças a um intercâmbio da faculdade. Me apaixonei por esse país moderno, acolhedor e cheio de charme. Acabei gostando e ficando, ficando, ficando... Consciente de que nem sempre é facil achar informações credíveis sobre os lugares quando estamos longe, pretendo contar prá vocês as pequenas (e as grandes) coisas do quotidiano, das tradições e do turismo na França que me fascinam. Talvez mesmo, desfazer alguns mal-entendidos e acabar com os clichês. Aqui, a cultura, a história, a gastronomia, o savoir vivre são apenas algumas das tantas coisas que nos seduzem e encantam. Jurista de formação, apaixonada pela escrita, estou criando este espaço para partilhar com todos os interessados, esse encantamento pela cultura e pela vida francesas.
Ce contenu a été publié dans Gastronomia, Receitas, Sociedade, avec comme mot(s)-clé(s) , , , , , , . Vous pouvez le mettre en favoris avec ce permalien.

2 réponses à Receita de Natal: Entrada Requintada ao Foie Gras

  1. Rejane dit :

    Hummm… bem exótico! Já estava sentindo a sua falta. Sei como são esses dias corridos. Ainda não preparei aquelas suas delicias, ou por dificuldade em encontrar os ingredientes, ou por falta de tempo…
    Acho que essa só vou conseguir qdo for passear por aí.
    Muito obrigada pela sugestão. Bjinhos…. 😉

    • Pois é Rejane, eu bem que tento, mas os dias sao curtos demais 🙂 Ainda mais quando a gente tem 3 pestinhas em casa…
      é verdade que alguns ingredientes sao mais dificeis de encontrar ai no Brasil, mas sempre dà pra substituir por outros similares.
      Obrigada pelo carinho e pelas suas palavras sempre gentis.
      Um abraço

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

😉 😐 😡 😈 🙂 😯 🙁 🙄 😛 😳 😮 mrgreen.png 😆 💡 😀 👿 😥 😎 ➡ 😕 ❓ ❗