Domingo de Primavera é dia de Ratatouille !

Dia de sol, uma brisa fresquinha, cheiro de mar… Os dias frios são cada vez mais raros, as noites são mais curtas e a gente começa a sentir vontade de voltar aos pratos mais leves, cheios de legumes e de aromas. Passear na feira acabou me dando uma idéia: domingo de Primavera é dia de Ratatouille ! Alguém é servido ?

Ratatouille - Autor: Loren Javier - Flickr

Esse ratinho do filme não é bobo não, uma ratatouille é muito bom mesmo 🙂 Na verdade, a ratatouille é uma especialidade culinária do sul da França, da região da Provence (mais precisamente de Nice). É um prato à base de legumes frescos, cortados em cubinhos e que depois são refogados até ficar um ensopadão beeeem gostoso. O termo ratatouille consta nos registros históricos desde 1778. Desde essa época ele já denominava um ensopado de diversos legumes. Por outro lado, a abreviatura “rata” é utilizada no jargão militar para designar a base alimentar dos militares. Uma comida que a gente pode fazer rapidamente, sem muito esforço…

 

Mas bom, eu falo, falo, e nada de explicar como é que se faz uma boa ratatouille 🙂 Então, aqui vão as dicas:

Ingredientes para 4 pessoas:

 – 1 berinjela

– 2 abobrinhas

– 1 pimentão verde

– 1 pimentão vermelho

– 3 tomates bem maduros ou 1 latinha de tomates picados sem pele (não é extrato de tomate!)

– 1 cebola

– 2 dentes de alho

– azeite

– sal e pimenta

– tomilho, alecrim, louro e rosmaninho

 Lave todos os legumes e pique-os em cubos. O segredo da ratatouille está em refogar cada legume separadamente. Os mais duros primeiro, depois os mais macios. Isso dá uma uniformidade de consistências ao prato e permite a cada ingrediente de soltar seus aromas, de “se exprimir individualmente”. É isso aí, é bonito respeitar os direitos dos legumes 🙂 Aliás, alguns puristas, chegam mesmo a grelhar os pimentões primeiro, tirar a casca e cortá-los depois de grelhados. Essa operação dá um gostinho especial no prato. E um cheirinho de churrasco da vovó 🙂 Normalmente eu ponho eles crus com os outros legumes, mas se você tiver um pouco mais de tempo, experimente a versão mais elaborada! Enfim, corte o tomate em cubos também e pique a cebola.

Numa panela grande, ponha o azeite e refogue a cebola até que ela fique lourinha. Acrescente então os pimentões, depois a berinjela, as abobrinhas e, finalmente, os tomates. Após cada ingrediente, mexa bem e deixe que o todo pegue uma corzinha e que os legumes dêem uma “murchada”.

Ratatouille

Acrescente o sal, a pimenta e os temperos. Tampe e deixe cozinhar por uns 40 minutos. Mexa um pouco de vez em quando para não grudar no fundo da panela. Uns dez minutos antes do final do cozimento, acrescente os alhos amassados. Cubra novamente. No final, prove e retifique os temperos. Deixe descansar um pouco antes de servir.

A ratatouille pode ser servida morna ou fria. Ela é ótima como acompanhamento de uma carne grelhada, mas também como entrada, com um bom pedaço de baguette ou uma fatia de pão torrado. Acompanhe com um vinho rosé bem geladinho e delicie-se…

Ratatouille

Bon appétit!!

À propos de Luciana Ferreira

Cheguei na França em 2006, meio por acaso, graças a um intercâmbio da faculdade. Me apaixonei por esse país moderno, acolhedor e cheio de charme. Acabei gostando e ficando, ficando, ficando... Consciente de que nem sempre é facil achar informações credíveis sobre os lugares quando estamos longe, pretendo contar prá vocês as pequenas (e as grandes) coisas do quotidiano, das tradições e do turismo na França que me fascinam. Talvez mesmo, desfazer alguns mal-entendidos e acabar com os clichês. Aqui, a cultura, a história, a gastronomia, o savoir vivre são apenas algumas das tantas coisas que nos seduzem e encantam. Jurista de formação, apaixonada pela escrita, estou criando este espaço para partilhar com todos os interessados, esse encantamento pela cultura e pela vida francesas.
Ce contenu a été publié dans Cultura, História das Receitas, Jeito de Viver, Receitas, avec comme mot(s)-clé(s) , , , , , . Vous pouvez le mettre en favoris avec ce permalien.

Une réponse à Domingo de Primavera é dia de Ratatouille !

  1. Fransueli Paquer Sansão dit :

    Oi Luciana iniciei no curso de gatronomia este semestre nossa estou amando!
    Como é morar fora, tenho planos e muita vontade de fazer especializações após terminar meu curso aqui no Brasil! Gostaria de saber um poquinho como é viver na França!

    Abraços!

    Fransuéli
    Blumenau – Santa Catarina – Brasil

Répondre à Fransueli Paquer Sansão Annuler la réponse.

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

😉 😐 😡 😈 🙂 😯 🙁 🙄 😛 😳 😮 mrgreen.png 😆 💡 😀 👿 😥 😎 ➡ 😕 ❓ ❗