Como comer barato em Paris ?

Uma questão prática que todo mundo me pergunta é: como comer barato em Paris? Isso é uma ótima questão à qual eu, vocês e todos os Parisienses continuamos tentando achar uma resposta 🙂 Bom, primeira dificuldade: Não é fácil saber o que é barato ou caro, porque isso é muito relativo, depende da cidade e do nível de vida da pessoa. Segunda dificuldade, comer barato depende também do seu nível de exigência com o que você pretende comer… Mas bom, se eu estou escrevendo esse post, não é para deixar vocês sem resposta… Então, eu vou usar os meus próprios critérios e dar algumas sugestões que eu considero baratas levando em conta o nível de vida das pessoas na França e o preço médio das coisas aqui.

Autor: Alpha - Flickr

Autor: Alpha – Flickr

Bom, para começar, se você quiser gastar bem pouco na hora do almoço, o melhor é ir numa boulangerie (padaria). Eles costumam ter menus com sanduíche, quiche ou salada + bebida e um doce por cerca de 8€. Você pode até achar mais barato, dependendo do bairro onde você estiver…

Autor: m-louis - Flickr

Autor: m-louis – Flickr

Outras opções baratas são as creperias, que costumam propôr fórmulas compostas com um crepe salgado e um doce de sobremesa. Eles são gostosos e bem nutritivos.

Autora: Katherine Lim - Flickr

Autora: Katherine Lim – Flickr

Os kebabs também são uma opção interessante. Eu não sei se tem esses sanduiches no Brasil. Eu não conhecia antes de chegar na França. São uns sanduichões de origem oriental, feitos com pão pita, carne grelhada cortada fininha, salada, molho e batata frita.

Autor: Alex Kehr - Flickr

Autor: Alex Kehr – Flickr

A base do conceito é um espeto com várias camadas de carne que fica girando na brasa. Aí eles vão cortando a carne e recheando os sanduiches. 

Autor: Alpha - Flickr

Autor: Alpha – Flickr

Uma outra opção é pedir a versão que vem no prato. Aí ao invés de comer em forma de sanduiche, você pode comer a carne com a batata frita e a salada sem o pão.

 

Outra opção interessante são os restaurantes chineses e japoneses. Eles são baratos e os menus costumam ser claros e gostosos. Eles são expostos com números ou letras, o que facilita na hora de pedir quando a gente não fala bem francês.

Autor: vxla - FlickrAutor: vxla - Flickr

Autor: vxla – FlickrAutor: vxla – Flickr

Aliás, quem gosta de ambiente meio oriental como eu, tem que ir dar uma olhada numa passagem coberta bem perto da Gare de L’est que se chama « Passage Brady ». Você entra ali e tem a impressão que saiu de Paris e chegou na Índia. Especiarias, tecidos coloridos e até filmes de Bollywood você pode encontrar de tudo ! Aliás, existem ótimos restaurantes indianos bem baratinhas por ali. E você vai ser super bem atendido com o seu « mal francês » porque eles mesmos não falam a língua direito 🙂

Autor: Ratozamanana Andriankoto - Flickr

Autor: Ratozamanana Andriankoto – Flickr

Senão, os próprios restaurantes franceses também propõem um sistema simples e interessante que é o menu do dia. Normalmente ele está escrito num tipo de quadro negro do lado de fora do restaurante… Conforme o menu, pode ter entrada, prato principal e sobremesa ou uma opção mais barata com entrada ou sobremesa e o prato principal. Na maior parte das vezes, tanto o preço quanto as opções estão escritas no dito quadro… Em média, o menu do dia custa entre 12 e 17 €.

Autor: RubyGoes - Flickr

Autor: RubyGoes – Flickr

E em último caso, em toda esquina tem um Mac Donald’s. O preço médio dos menus é de 7€ (sanduíche, batata frita e bebida). 

No jantar, as sugestões do almoço continuam valendo, só que os menus costumam ser mais caros.

Uma outra ideia é comprar uma bela salada composta ou alguma coisa pronta num supermercado (tipo Carrefour Market, Simply Market, Intermarché, Monoprix, Casino ou Franprix). Também é legal fazer um bom jantar de queijos e vinhos no Hotel. Escolha um bom queijo francês, um patê gostoso, um pãozinho e delicie-se junto com uma bela taça de vinho.

Autor: vana - Flickr

Autor: vana – Flickr

Outra coisa que eu gostaria de esclarecer: tem muita gente que tem medo de entrar nos restaurantes franceses por causa da fama de antipáticos dos garçons… Bom, é verdade que eles não são super simpáticos, como no Brasil. Mas a gente não pode negar que os garçons no Brasil são especialmente simpáticos, então o contraste é grande 🙂 Mas aqui não existe regra, isso é mito. Todos os garçons não são antipáticos, depende do garçon, do estabelecimento e do local onde você se encontra… Então, a dica é tentar evitar os restaurantes muito frequentados e vir um pouco antes ou um pouco depois da hora de maior afluência. A maior parte das vezes eles não são muito pacientes com os estrangeiros porque eles estão super ocupados e tem várias pessoas esperando.

 

Outra dica é escolher bem o que você quer a partir do menu ou do quadro negro que fica do lado de fora da maioria dos restaurantes. E o mais importante, evite absolutamente frequentar os bares, restaurantes ou barraquinhas que ficam bem em volta das atrações turísticas. Eles são o que os franceses chamam de “attrape-touristes”, quer dizer “pega turista”. Na maior parte das vezes você vai pagar caro e ser mal servido. Pra comer num lugar legal, barato e gostoso, escolha estabelecimentos meio afastados da multidão ou fique de olho no pessoal que trabalha nesse bairro, eles sabem onde ir !

Fica a dica 😉

À propos de Luciana Ferreira

Cheguei na França em 2006, meio por acaso, graças a um intercâmbio da faculdade. Me apaixonei por esse país moderno, acolhedor e cheio de charme. Acabei gostando e ficando, ficando, ficando... Consciente de que nem sempre é facil achar informações credíveis sobre os lugares quando estamos longe, pretendo contar prá vocês as pequenas (e as grandes) coisas do quotidiano, das tradições e do turismo na França que me fascinam. Talvez mesmo, desfazer alguns mal-entendidos e acabar com os clichês. Aqui, a cultura, a história, a gastronomia, o savoir vivre são apenas algumas das tantas coisas que nos seduzem e encantam. Jurista de formação, apaixonada pela escrita, estou criando este espaço para partilhar com todos os interessados, esse encantamento pela cultura e pela vida francesas.
Ce contenu a été publié dans A Vida Francesa, Cultura, Gastronomia, Jeito de Viver, Onde Comer, Sociedade, avec comme mot(s)-clé(s) , , , . Vous pouvez le mettre en favoris avec ce permalien.

124 réponses à Como comer barato em Paris ?

  1. Neli Rabelo dit :

    Luciane vou á Paris em outubro e a principio estava cheia de dúvidas mas já te conheço de tanto ouvir teu vídeo e ler tuas dicas.Estou morrendo de medo de ir, vou com mais dois casais e eu que sou só. Tenho diversas duvidas e quero que se possível me ajudes. Aqui no Brasil pessoas acima de 60 anos em qualquer lugar paga meia entrada,ai também.
    Vou ficar no Fertel Etoile a localização é boa?Lugares mais barato para comer?Onde comprar coisas mais baratas para trazer? Galeria Lafaiete e bom lugar.Vou comemorar meus 70 anos lá gostaria de ir um lugar bom e barato para comemorar,há ia me esquecendo sou amante de maquiagem e perfume pode me dar uma dica onde comprar.

  2. Luzia dit :

    PArabéns pelo blog, adorei.
    Dicas otimas
    Vou conhecer paris em janeiro 2017 e gostaria de dicas para comer, pois, meu mrido e muito restrito e fica dificil.
    Ele ama carnes,massas e hamburguerias, se tivwr

  3. Kamila dit :

    Luciana boa tarde, estarei indo a Paris em janeiro de 2017, irei me hospedar na 36 boulevard Richard Lenoir.

    Você poderia gentilmente me informar se é um local tranquilo para andar a noite inclusive?

    Outra dúvida que tenho é, quanto em média eu teria que levar por pessoa para ficar em Paris por 7 dias, almoçarmos e jantarmos em restaurantes medianos?Embora eu saiba que isso é muito particular, mas você poderia me dar uma ideia por gentileza.

    Agradeço imensamente sua atenção e disponibilidade.

    Abraços

  4. Keila dit :

    Olá. Estou indo a Paris em Janeiro/17 e estou preocupada pois eu e meu marido temos um paladar bem infantil rsrsr. Gostamos de comida simples, caseira e tenho medo de entrar em restaurantes sofisticados demais, e que a gente não consiga comer direito. Pra você ter uma ideia, meu marido não come queijo. Poderia me indicar locais pra comer uma carne com batatas, ou um macarrão bem simples? Obrigada!

  5. Andressa dit :

    Luciana, boa tarde!
    Irei à Paris em maio/17 e estou adorando as dicas do blog. Poderia me enviar a listagem dos restaurantes bbb e tb suas indicações de vinhos de bom custo benefício q costuma comprar no supermercado. Muito obrigada!!

  6. adriana soutto dit :

    Boa tarde Luciana!!!
    Adoro suas dicas!!!! Me sinto mais segura….rsrsrs
    estou indo em meados de janeiro c meu marido e meu filho q completará 12 anos durante a viagem!!! ficaremos no hotel le littré e tenho dúvidas se terei acesso fácil as principais linhas de metro a partir da estação montparnasse. Acha q dali conseguiremos nos locomover p as principais atrações?? Muito obrigada e suas dicas estão sendo maravilhosas!!!!!

  7. Carolina Azevedo dit :

    Boa noite, Luciana. Tô vendo seu blog só agora, (super em cima da hora, estou chegando em Paris depois de amanhã, 08/09).
    Se vir esse, até amanhã ou depois de amanhã, manda por favor, restaurantes e supermercados BBB, na região da Saint Lazare. Ficarei pertinho da Gare Saint Lazare.
    Obrigada Carol
    Muito obrigada, Carol

  8. Ping : Paris: onde comer pratos e doces típicos da culinária francesa | Quero Viajar Mais

  9. patricia peixoto dit :

    Oi Luciana, vou a Paris pela primeira vez em julho de 2017, poderia me enviar a lista de restaurantes?
    Obrigado pelo seu blog!

  10. Gustavo dit :

    Oi Luciana,

    Estou indo pra Paris em outubro e ficarei na região próxima da praça da Republique.

    Poderia me enviar a lista de restaurantes onde comer bem e barato em Paris?

    Obrigado.

  11. Maria manuela ramalho pinto monteiro dit :

    Vou viajar em setembro que devo visitar que seja econômico como subir a torre Efel pois e a primeira vez levo meu marido e meu filho penso comorar comida no supermercado claro e restaurantes pirtugueses em paris que me tecomenda obrigada

    • Ola Maria Manuela, tudo bom ?
      Sinto muito não ter podido responder antes, mas tive vários problemas técnicos no blog e não estava recebendo as mensagens das pessoas. Além disso, com as crianças de férias, tudo fica mais complicado 🙂
      Espero que tenha dado tudo certo na viagem de vocês.
      Se ainda estiver precisando de alguma informação me diga.
      Um abraço

  12. DILMA LASCALA AUDE dit :

    Oi Luciana
    Estamos indo para Paris em setembro. Eu meu marido e dois filhos 20 e 22 anos. Ficaremos em Montemartre. Li algumas postagens que não é um local muito seguro. É mesmo? Durante o dia também ou só a noite?
    Queria umas dicas de restaurante. Você acha que compensa ir a um supermercado e comprar ingredientes para fazer lanches e levar na mochila economizando no almoço? Ou é melhor comer em restaurante?
    E o tempo em setembro do dia 10 a 20? Que roupas levar.
    Parabéns pelo Blog
    Dilma 🙂

    • Oi Dilma,
      Desculpe pela demora para responder.
      Montmartre é um bairro bem bonito, tradicional.
      Não acho que seja perigoso, mas como em todos os bairros turísticos, tem que prestar atenção com o que eles chamam “pick-pockets” (batedores de carteira). Normalmente são crianças ou jovens que ficam nos transportes públicos ou nos lugares turísticos mais visitados e tentam roubar alguma coisa quando as pessoas estão distraídas.
      A dica é tomar cuidado. Não ficar com bolsa ou mochila virada para trás, nem com o telefone na pochete externa da bolsa, etc.
      Cuidados que a maior parte das pessoas costuma ter no Brasil.
      Senão, tem a parte baixa de Montmartre, onde fica Pigale, que não chega a ser perigoso, mas o ambiente pode ficar meio estranho à noite porque tem os cabarés, varias sex-shops, etc, e então isso pode atrair uma população meio “excessiva”.
      Quanto a comprar sanduiches e lanches em supermercados eu acho muito bom. Os supermercados parisienses vendem varios lanches, sanduíches, saladas e sobremesas que podem ser consumidos na hora do almoço ou do lanche sem gastar muito. As boulangeries (padarias) também costumam ter formulas de sanduíche ou salada na hora do almoço, com bebida e sobremesa. Normalmente é um pouco mais caro que nos supermercados, mas os sanduíches e os doces costumam ser muito bons. Uma outra opção também pode ser de fazer isso no jantar (porque os restaurantes são mais caros à noite) e curtir os “menus du midi” (menus da hora do almoço) em restaurantes típicos que são bem mais em conta na hora do almoço.
      Quanto ao tempo, setembro costuma ser um mês bem agradável. Os dias ainda são longos e não costuma fazer frio. Mas esse ano o clima esta tao estranho que eu nem sei o que te dizer. Tem chovido muito esse ano.
      Acho bom trazer roupas simples, jeans, camisetas e pull-over ou blusa de moleton, mas não esquecer um bom casaco porque as manhas e as noites podem ser mais frias.
      Espero ter ajudado.
      Desejo uma ótima viagem para vocês.
      Um abraço

      • DILMA LASCALA AUDE dit :

        Muito obrigada pelas dicas. Foram muito úteis!Seu blog é muito bom! To ficando viciada! Muitas dúvidas dos viajantes estão me auxiliando!!
        Um abraço

        • Dilma dit :

          A viagem foi maravilhosa! Acabamos comprando muita coisa nos supermercados ( Dia, carrefour, monoprix) Muito barato mesmo. Os queijos, as baguetes,os croasants… Bom demais. E o clima estava perfeito… calor durante o dia e fresquinho durante a noite.
          O bairro Montremarte é maravilhoso, nada do que eu li, como perigoso, com pessoas estranhas. Um bairro boemio sim, com muitos bares e restaurantes, mas seguro e com pessoas normais!!
          Obrigada pelas dicas! Muito sucesso no seu blog!
          Dilma

  13. Camila dit :

    Dicas sensacionais! Poderia por gentileza me enviar uma lista de lugares para comer em paris BBB? Obrigada.

  14. Carla Rodrigues dit :

    Olá, Luciana, tudo bem? Parabéns pelo blog e obrigada pelo tempo e paciência que você dedica para dar tantas dicas interessantes. Sou carioca como você e te agradeço se puder me ajudar, pois tenho algumas dúvidas. Chegarei em Paris no dia 20 de maio e até o dia 30 vou ficar hospedada com meu marido no Marais, bem perto da Place de la Republique. Você poderia me dar uma recomendações de restaurantes e boulangeries nesta região? Não pretendemos ir a restaurantes cinco estrelas, mas como queremos desfrutar da gastronomia parisiense, pode ser um meio termo. E você conhece o city tour de 4 horas que te dá direito a um passeio de barco pelo Sena e à entrada para a Torre Eiffel sem fila (não precisa ser em português, a gente se vira bem com o francês)? Outra dúvida: já tenho um roteiro de visita planejado e pretendo comprar o museum pass de 6 dias porque sai mais barato e vamos ter bastante tempo para conhecer museus e monumentos (sou apaixonada por história e arte). Sabe me dizer se esse passe funciona bem, ou seja, se é verdade que você economiza tempo não entrando em fila? (Lembrando que vamos em maio). Também estou em dúvida se vou ou não a Giverny. Vale a pena? Qual é o RER que chega lá? Bem, no dia 31 pegaremos um TGV para Avignon e voltamos no dia 2 para Paris, onde ficamos mais duas noites, só que do outro lado do Sena, no Quartier Latin (agradeceria muito se pudesse me dar dicas de restaurantes aí também). Esta viagem vem sendo planejada há algum tempo e é para comemorar nosso aniversário de casamento, então espero que seja inesquecível. Muito obrigada e parabéns mais uma vez!

    • Oi Carla, tudo bom ?
      Olha, encontrar restaurantes e boulangeries perto da Place de la République é muito fácil. Esse é um dos bairros mais conhecidos da cidade exatamente pela quantidade e diversidade de bares e restaurantes 🙂 A dica é dar um passeio e ver onde tem bastante gente (de preferência pessoal que trabalha ou mora por ali, não turistas !). Em maio, sobretudo à noite, so os bons restaurantes é que têm movimento…
      Senão, a titulo de sugestão eu posso citar: o “La Bonne Cécile” (24 rue Notre Dame de Nazareth, 75003 Paris), o Chez Imogene – ótima creperia (25, Rue Jean-Pierre Timbaud, 75011 Paris) ou o Auberge des Pyrenees Cevennes (106,rue de la Folie Mericourt, Paris).
      Quanto ao City Tour, existem vários… Eu conheço o da Paris City Vision que é bem legal: http://www.pariscityvision.com/pt/paris-a-la-carte-2-dias/?a_aid=5390e012e557a
      Em relação ao Museum pass, si você pensa visitar vários museus vale a pensa sim. E maio é um mês de movimento em Paris, com vários feriados. Então, além do preço, pode ser interessante para as filas também, mas depende dos dias.
      Giverny é muito lindo, ainda mais se você gosta de arte acho que vai adorar, é um lugar inspirador, meio fora do tempo…
      Para pegar o trem tem que ir até à estação de Saint-Lazare e comprar o bilhete para Vernon. Chegando em Vernon tem que pegar um taxi ou a navette até à Giverny.
      O Quartier Latin é outro bairro cheio de restaurantes 🙂 Acho que você também não vai ter dificuldade para escolher …
      Como sugestão tem o “Au P’tit Grec” – super BBB (68 Rue Mouffetard, 75005 Paris), um restaurante asiático bem legal, o Saigon Pantheon (27 rue Descartes, 75005 Paris) ou então, La Maison de Verlaine (39 rue Descartes, 75005 Paris).
      Depois me fala o que vocês acharam 😉
      Desejo a vocês uma ótima viagem e um feliz aniversario de casamento !!

  15. Francisco Barroca dit :

    Olá Luciana,

    Vamos a Paris no fim de Março e descobrir o seu blog foi 5 estrelas.
    Podes enviar a lista de restaurantes para o meu email?

    Obrigado e parabéns pelo blog

  16. Andreia Toniolo dit :

    Olá Luciana, vamos a Paris em Julho e pretendo locar um apartamento, tenho um filho pequeno. Será que é muito difícil cozinhar as comidas daí? São muito diferentes?

    Obrigada

    • Ola Andreia, tudo bom ?
      Olha, não é difícil não. Eu também tenho filho pequeno e a comida é bem parecida com o que a gente esta acostumado, so que eles não comem muito feijão com arroz 🙂
      Em qualquer supermercado ou mercado de rua você vai encontrar batata, cenoura, legumes para fazer uma sopinha, carne, frango, peixe, etc.
      Se você tem duvida, é melhor comprar os produtos de base e cozinhar você mesma. Mas os fundamentos da cozinha francesa são bem parecidos com os nossos.
      Se você quiser ajuda para encontrar um apartamento bem localizado me fala que eu dou uma olhada.
      Um abraço

  17. Graziela dit :

    Oi Luciana!!
    Adorei suas dicas!! Tem como me enviar as dicas de restaurantes com ótimos preços!!
    Fico no aguardo.
    Irei em fevereiro!!
    Obrigada!!!

  18. Lisli dit :

    Luciana boa noite!!! Será que vc poderia me enviar a lista dos restaurantes tbm? Vou viajar em Junho, não gostaria de viver no McDonalds… rsrsrsrs

  19. Monique dit :

    Olá!

    Estou indo a Paris em fevereiro e confesso que a alimentação é uma coisa que me preocupa um pouco… Você pode me enviar a lista dos restaurantes?

    Obrigada!

  20. Teresa Tanaka dit :

    Luciana,
    Vamos para Paris no Carnaval e gostaria que vc. enviasse a lista dos restaurantes.
    Obrigada.

  21. Fabiane Constancio dit :

    Olá Luciana!!

    Seu site/blog é perfeito! Estou de viagem marcada para Paris agora dia 26/01 e suas dicas estão ajudando muito!
    Você teria como me enviar a lista dos restaurantes?
    Muito obrigada desde já!!
    Abraço!

  22. Kênio Rezende dit :

    Bom dia, muito bom este post, parabéns! Estarei em Paris em abril/2016. Poderia me passar a lista dos restaurantes, por gentileza?

  23. Carla Roxo dit :

    Olá Luciana , gosto muito do seu blog.
    Eu e familia vamos para Paris e fevereiro e gostavamos de conhecer a sua lista dos restaurantes mais em conta.
    Obrigada 🙂

  24. Ricardo dit :

    Vou com a família em fevereiro, e a galera come bem (rsrsrs)!

    Manda pra mim?

    Muito obrigado!

  25. Pamella dit :

    Também gostaria da sua lista dos lugares onde comer BBB!
    Obrigada!

  26. Wanessa dit :

    Bom dia, muito bom este post, parabéns! tem me ajudado bastante. Estarei em Paris em abril/2016. Poderia me passar a lista dos restaurantes, por gentileza?

  27. Sheila peixoto dit :

    Olá Luciana! Assisti sua palestra sobre Paris e gostaria que vc me enviasse sua lista de restaurantes. Estarei em Paris em fevereiro. Obrigada pelas dicas.

  28. Natali Roeles dit :

    Olá Luciana.
    Que site bacana! Muitas dicas legais e proveitosas.
    Você poderia me enviar também essa sua lista de lugares baratos e bons pra comer em Paris, por favor?

  29. Regiane Rios dit :

    Luciana, adoro seu blog! Estou indo para Paris no dia 20. Pode enviar uma lista de restaurantes Bons e Baratos? Gostaria e conhecer pratos típicos sem gastar muito. Grande abraço!

  30. Pericles dit :

    Não costumo comentar nesses blogs mas essa foi muito boa. Em último caso tem um McDonalds na esquina. Já fui salvo algumas vezes por essa filosofia. Tá certo demais!
    Mas com a ajuda dessas informações dá pra escapar do Mc…pelo menos em Paris.

    • Pois é, a idéia é essa mesmo.
      McDonald’s da pra não morrer de fome quando a gente está num pais estrangeiro, mas chega uma hora que ninguém aguenta mais ! kkk
      E sempre é mais legal provar a “gastronomia” local. Ainda que seja gastronomia de “pé de chinelo” francês 🙂 Mas ja ta valendo !
      Um abraço

  31. Graça dit :

    Olá Luciana
    Obrigada pelo seu site. Está a ajudar-me muito a planear a minha viagem a Paris em Fevereiro – vou lá passar o Dia dos Namorados (sim, já vi as suas dicas 🙂 e adorei). Pode enviar-me a sua lista de como comer bem e barato, por favor?
    Muito obrigada.

  32. Graziela dit :

    Oi Luciana!!
    Adorei suas dicas!! Tem como me enviar as dicas de restaurantes com ótimos preços!!
    Fico no aguardo.
    Irei dia 16 de fevereiro!!
    Obrigada!!!

  33. Deise dit :

    Boa noite Luciana!
    Feliz Natal!
    Adoro visitar seu blog> Vc sempre tem coisas boas pra contar.
    Estarei em Paris dia 10/01 e gostaria daquela listinha de restaurantes B&B. Hehehehe!
    Um 2016 maravilhoso pra vc e sua família!
    Beijinhos!

  34. Rodrigo dit :

    Olá Luciana

    Parabéns pelo site está me ajudando muito a organizar minha viagem a Paris.
    tb gostaria de receber a lista dos restaurantes desde já agradeço.

    Abs

  35. Rodrigo dit :

    Ola Luciana tudo bem?

    Parabéns pelo site está sendo muito útil pois viajo em janeiro para Paris.
    Poderia pf me enviar a lista dos seus restaurantes favoritos e também a lista do “comer bem e barato”
    Desde já agradeço e boas festas

  36. Camila Carneiro dit :

    Olá Luciana, estive em Paris em 2014. Como não conhecia nada da língua acabei comendo mc donalds todos os dias. Vou retomar no início de fevereiro e gostaria de conhecer os sabores da culinária francesa, gastando pouco. Se puder gostaria que me enviasse a lista que comentou acima. Grata! 🙂

    • Lia Stegani Loverbeck dit :

      Lu, por favor me mande a lista dos restaurantes bom e barato em Paris. E gostaria de saber como faço, para comemorarmos os 15 anos de minha filha aí na cidade luz. Não a noite. Levareis a velunha de 15 anos para deixar registrado. bjss, obrigada e até mais.

      • Oi Lia, como vai ?
        Olha, para comemorar os 15 anos da sua filha em Paris tem varias possibilidades, mas depende do que ela gosta de fazer …
        Me fala mais que tipo de comemoração você esta pensando fazer, ai eu te dou umas dicas: restaurante, parque de animações, passeio a um lugar bonito, vista panorâmica ? …
        Um abraço

  37. Teresa dit :

    Oi Luciana! Tudo bom? Espero que sim!
    Pretendo ir a Paris com o meu namorado em julho do ano que vem e gostaria que vc me enviasse a lista!
    Muito obrigada! Amei as dicas 🙂

  38. Rafa dit :

    Parabéns pela iniciativa e por disponibilizar informações do dia a dia de Paris. Chegaremos aí na próxima semana e ficaremos até a virada do ano. Tb gostaria de receber suas dicas para uma alimentação que caiba no bolso de turistas. Desde já, agradeço e boas festas.

    • Oi Rafa, tudo bom ?
      Fico feliz que o blog tenha te ajudado.
      Desculpa não ter conseguido enviar o guia a tempo da sua viagem, mas eu estou muito atrasada nas respostas às mensagens do blog.
      Um abraço e Feliz Ano Novo para você !

  39. Ricardo Rosa dit :

    Olá Luciana, parabéns pelo Post, estamos indo em janeiro, e também gostaria de receber a lista de como comer barato? Desde já agradeço pela atenção!

  40. Simone dit :

    Oi Luciana, tudo bem?

    Adorei seu blog!! Estarei em Paris de 23/12 a 04/01/2016 e gostaria de receber a sua lista de restaurantes. Você poderia enviar por email?

    obrigado,

  41. Rene sacardo dit :

    Oi LUCIANA parabéns pelas dicas. Irei procurar as creperias pois fiquei interessado. Posso receber seu guia? Desde ja te agradeço abraços. Rene

  42. Henrique dit :

    Muito obrigado pelas dicas. Será que me pode enviar a sua lista de restaurantes? Muito obrigado, beijinho 🙂

    (agora sim, com o email correcto)

  43. Silvana dit :

    Assisti o seu video das dicas ate o final e gostaria muitissimo de receber seu guia.
    Aproveito p parabenizar o blog. Viajo em fevereiro e estou fazendo meu roteiro a partir de suas dicas

  44. Celso Muza dit :

    Parabéns Luciana, pelo maravilhoso post, e o belíssimo blog. Gostaria de saber como faço para comprar ,carnes, legumes (coisa de supermercado) ,sem falar francês, por que só tenho inglês fluente? Como posso pedir uma peça de carne por exemplo. Vou ter que apelar para o translate? Espero sua resposta. Um beijo e um grande abraço.

    • Oi Celso, que bom que você está gostando do blog, fico feliz.
      Quanto a comprar carnes e legumes, não precisa se preocupar. A maior parte dos supermercados franceses são em livre serviço, ou seja, a mercadoria está exposta e embalada e você pega o que quiser. Normalmente, até as frutas e os legumes a gente pega a quantidade que quer e vai pesar na balança (dependendo do supermercado, a gente escolhe o número que corresponde ao produto ou clica na imagem do produto que está pesando). Os produtos vendidos á unidade (algumas frutas ou legumes mais caros) você só pega a quantidade que quiser e paga diretamente na caixa.
      Então, você só tem que falar francês para fazer suas compras se você for num açougue, num mercadinho bem pequeno ou então na feira…
      Espero ter ajudado.
      Um abraço !

  45. Vânia dit :

    Excelente suas dicas. Iremos a Paris daqui duas semanas, embora estejamos apreensivos com os tristes acontecimentos. Você poderia encaminhar a lista de como comer barato? Desde já, muito obrigada!

    • Oi Vânia, tudo bom ?
      Fico feliz que o blog esteja te ajudando…
      Pois é, todo mundo aqui está muito triste, mas aos poucos as coisas vão voltando ao normal…
      Os Franceses são guerreiros e tem bastante polícia na cidade.
      Quanto à lista dos restaurantes, vous enviar para o seu e-mail.
      Um abraço,

  46. Di Cartapatti dit :

    Olá Luciana e amigos
    Quando estou em Paris almoço nos refeitorios de alguma Universidade ..comida deliciosa, tipica, custo pequeno 6 euros e normalmente ambiente agradavel rodeado de estudantes e academicos.
    vale a dica.um abraço a todos;

    • Olá Di,
      Realmente essa dica é legal, já falei disso para várias pessoas, mas vou escrever um post com sugestões de lugares baratos e legais para comer em Paris.
      Obrigada por partilhar essa idéia 🙂
      Um abraço

  47. Joana Mendes dit :

    Oi Luciana! Muito util! Será que me pode enviar a lista dos restaurantes onde comer barato?
    Obrigada!!

  48. Rafael Mellário dit :

    Olá Luciana. Parabéns pelo blog. Extremamente útil. Bom, estou indo para Paris no próximo dia 13. Assisti com minha esposa agora o seu vídeo. Parabéns! Tenho certeza que servirá e muito para que a visita seja perfeita. Ah, gostaria, se possível, a lista dos restaurantes. Ah, gostaria de saber se você já foi no Outlet La Valle Village, e se vale a pena ir lá. E sobre as Galerias Lafayette, os preços não são bons? Compensa explorar a Rue de Rivoli ao invés de gastar nas Galerias? Desde já, muito obrigado!!!

    • Olá Rafael, desculpe só estar respondendo agora, mas eu tenho andado meio enrolada.
      Acho que vocês ainda devem estar em Paris. Que pena estarem vindo num momento tão difícil …
      Vou enviar a lista dos restaurantes pra você.
      Quanto ao Outlet, é legal sim. Se você gosta das marcas que estão presentes, eu acho que vale a pena ir dar uma voltinha por lá. Quanto às Galeries Lafayette, eu acho que vale muito a visita. Mas não é a mesma categoria de produtos que eu citei em relação à Rue de Rivoli. Então, não é que os preços não sejam bons, é que ela comercializa sobretudo produtos de luxo. Vale o passeio, e vale comprar lá se você procura esse tipo de produtos. Se você quer comprar coisas mais baratas, eu acho que a Rue de Rivoli é uma boa opção porque ela reune várias lojas de marcas e tipos diferentes.
      Um abraço e boa viagem para vocês, apesar de tudo …

      • Gabriela dit :

        Parabéns pelo site Luciana.
        Vou a Paris pela primeira vez no mês que vem e gostaria de explorar um pouco a Rua de Rivoli. Pode me indicar algum restaurante com um bom preço por lá?

        Obrigada

  49. Lia Stegani Loverbeck dit :

    Olá Luciana, adorei sei blog, estou com uma viagem marcada pra Paris em maio de 2016, gostaria de receber sua lista de como comer barato. Vou ficar no 14 Arr. Me dê por favor algumas dicas, se posso encontrar supermercados e padaria ali por perto.
    Desde já agradeço !!!

    • Oi Lia, tudo bom ?
      Vou mandar a lista para o seu e-mail.
      Quanto ao 14ème é um bairro bem movimentado, você certamente encontrará supermercados e padarias por perto. Não se preocupe !
      Um abraço e até breve 🙂

  50. Rodrigo Gomes dit :

    Bom dia,

    Estou indo no próximo mês a Paris e vou aproveitar essa ida para ir ao Vale do Loire. Estou pensando em passar duas noites por lá. Poderia me dar dicas de onde me hospedar e restaurantes.
    Obrigado.

    • Oi Rodrigo, como vai ?
      Legal a sua idéia de aproveitar para curtir o vale de loire.
      Pena que você não me disse quais são as cidades que você pensa visitar, para eu poder orientar as minhas sugestões 🙂
      Bom, digamos que você visite os castelos e os arredores de Blois, Chambord et Clos-Lucé. Nesse caso, eu sugeriria que você fique hospedado em Blois. Os acessos são bons e a cidade é uma gracinha.
      Por exemplo, o B&B La Maison du Carroir é ótimo. O preço é bem interessante e ja inclui o café da manha. O lugar é lindo e de uma tranquilidade deliciosa !
      Uma outra opção cheia de charme é o apartamento Chez Bruno et Françoise. Ele fica bem no centrinho da cidade e ainda tem uma kitchenette, se vocês quiserem comprar uns queijos e vinhos para o jantar 😉
      Quanto à restaurantes, um bem conhecido é o Auberge de la Caillère.
      Mas senão, uma idéia legal é perguntar ao pessoal do atendimento do local onde vocês vão se hospedar. Eles sempre sugerem restaurantes bem típicos e não muito caros que normalmente os turistas desconhecem…
      Bom, espero ter ajudado.
      Precisando de mais alguma coisa, é so falar.
      Depois da viagem, se vocês tiverem novas dicas, não hesitem à partilha-las conosco 🙂
      Um abraço e boa viagem para vocês,

  51. maria raquel dit :

    Olá, Luciana

    Estou adorando seu blog. Muito obrigada. Pretendo ir a Paris em Dezembro com meu marido e minhas duas filhas (11 e 15 anos). Minha dúvida é quanto gastarei por dia com a alimentação, transporte e atrações. Nosso esquema de viagem é de simples mortais, ou seja: alugaremos apartamento, para prepararmos café da manhã e uma ceia, e vamos procurar comer em locais baratos. Você acha que 300 euros por dia são suficientes? Ou é muito pouco? Uma extravagância que vamos nos permitir é comemorar o aniversário de 15 anos de minha filha. Você poderia dar uma sugestão?
    Novamente, muito obrigada.

    • Oi Maria Raquel, tudo bom ?
      Olha, acho que 300€ por dia são suficientes sim, só se vocês escolherem visitar várias atrações por dia ou se frequentarem restaurantes caros. Vamos dizer que com uma despesa média “normal”, eu acho que dá bem para passar o dia e ainda fazer uma extravagânciazinha no jantar ou no lanche da tarde com as meninas.
      Claro que se vocês forem à Disney, vai ser mais difícil de se restringir a esse orçamento diário.
      Quanto ao aniversário da sua filha, aqui na França não existe essa tradição das festas de 15 anos.
      Mas para marcar a ocasião, eu faria um passeio bem legal (tipo de balão ou de helicóptero para que ela ela fique com uma recordação inesquecível desse dia: http://www.ballondeparis.com/fr/ – mas atenção, como vocês vêm em Dezembro tem que ver se as condições meteorológicas permitem esse tipo de passeio).
      E para fechar a noite, eu escolheria um restaurante bem legal com vista para a Torre Eiffel, como por exemplo o restaurante da Torre Montparnasse: http://www.cieldeparis.com/fr/restaurant.html
      Se você ainda não tiver reservado o hotel ou apartamento, não hesite a dar uma olhada nas nossas sugestões ou a fazer uma pesquisa no nosso motor de buscas. Todas as reservas efetuadas pelo blog ajudam a credibilizar o nosso site e também a rentabilizar um pouquinho o nosso trabalho 😉
      Precisando de ajuda para escolher um é só falar…
      Um abraço,

    • LEDA ZILMARA QUEIROZ SANTOS dit :

      Olá Luciana, gostei muito do seu blog, parabéns!! você poderia me enviar a lista dos locais onde posso comer barato em Paris?
      Abraços

  52. Aline Oliveira dit :

    Gostaria de receber a lista “comer bem e barato” vou estar em Paris de 04 a 18/10 próximo. Conto com vc! Ah vc sabe se ainda há ingressos para o show de DIana Krall nesse período? Obrigada por compartilhar conosco suas ideias e emoções.

  53. Neuza dit :

    Olá Luciana, seu blog realmente é contagiante! Pretendo ir à Paris em maio de 2016, porém como sou muito medrosa e não falo nada de Francês, gostaria de um help para definir um hotel bom, bonito e barato onde os atendentes falem Português. De fácil acesso aos Pontos turísticos: Museu do Louvre, Torre Eiffel, Rio La Seine. E que nas proximidades tenha uma padaria e supermercado…….E quanto os ônibus turísticos, poderia me dar maiores informações?

  54. Neuza dit :

    Olá Luciana, vc saberia me dizer ou indicar Hotéis onde os atendentes falem português?

  55. marcelo caetano dit :

    chegarei em Paris em 15 de outubro e fico 5 noites ..quero adquirir o Paris pass. consigo comprar no aeroporto? pois não quero comprar antecipadamente pela web!

    • Oi Marcelo, como vai ?
      Olha, eu não sei se você pode adquirir o Paris Pass no aeroporto. Segundo o site deles, ou você compra pela internet e manda entregar na sua casa (no Brasil) ou no hotel onde você vai ficar em Paris, ou então, você encomenda pela internet e depois vai buscar na loja deles (Paris Pass Desk – “Les Delices” Grand Rex – 33 rue Poissonniere – 75002 Paris).
      Um abraço,

  56. Sandra Maria Melo Fernandea dit :

    Ola Luciana, irei a Paris em Outubro e adorei o vídeo que você fez, gostaria que você me enviasse a sua lista de restaurantes preferidos. Dentre as muitas dicas (maravilhosas) que você deu, faltou para mim, algum comentário sobre o mercado ( mercados) das Pulgas. Estou curiosa para visitar uma feira de antiguidades.. Vale a pena?

    • Oi Sandra, tudo bom ?
      Pois é, estou ha tempos para publicar um post sobre as feiras e mercados de antiguidades em Paris.
      Estou finalizando e devo publica-lo em breve 🙂
      Eu acho que vale e pena sim, é um lugar cheio de historia, de objetos diferentes, a gente sempre encontra alguma coisa que encanta, a joia rara do dia 🙂
      Vou te enviar a lista dos restaurantes por e-mail.
      Espero que você goste.
      Um abraço,

  57. jose roberto dit :

    Olá, tudo bem? Onde posso comer comida japonesa perto do louvre?

    • Ola José Roberto,
      Olha, restaurante japonês no 1° Arrondissement, eu aconselho o Higuma (32 bis Rue Sainte-Anne, 75001 Paris).
      Depois me fala o que você achou 🙂
      Um abraço,

  58. Sandra Gianesini dit :

    Olá Luciana!

    Parabéns e obrigada pelo blog, suas dicas estão nos orientando em nossa primeira viagem internacional e justamente para a cidade Luz.
    Nossa viagem esta programada para 30/07, sobre o Paris Pass se deixarmos para compra-lo aí, existe o risco de não encontra-lo? E compra-lo no site é seguro?
    Muito Obrigada.
    Sandra.

    • Oi Sandra, tudo bom ?
      Desculpa não ter conseguido responder à tempo…
      Espero que você tenha conseguido comprar o Paris Pass direitinho. E compra-lo pelo site é seguro sim…
      Um abraço e boa viagem pra vocês !

  59. Livia dit :

    Gostei muito de suas dicas.
    Assisti ao seu vídeo e me ajudaria a lista dos restaurantes q vc fez.
    Bjs

  60. Gavroche Fukuma dit :

    Olá,
    irei a Paris em setembro e tenho gostado muito de ler seu blog. Ainda estou nas primeiras leituras, mas você teria alguma dica (post) especial para crianças? Irei com minha mulher e meu filho de 5 anos.
    Muito obrigado,
    Salut,

  61. Maria Esther dit :

    Voltei de PAris na semana passada, pena que conheci agora teu blog.
    Mas para te ser franca em Paris gosto de comer o que me der vontade sem olhar muito para o preço, depois fico a pão e àgua no brasil rsrsrs
    Acho aqui tão mais caro e sou tão mais mal atendida aqui do que aí, que não tenho pena de gastar a mais aí.
    Escargot só como aí. Alguns outros frutos do mar também, aqui tenho medo de intoxicação – poluição do mar, problemas de armazenamento, falta de fiscalização.
    Café da manhã gosto muito do Monoprix, pois amo os iogurtes europeus e amo o pão francês.
    Quer saber da verdade ??? Amo Paris de paixão. :mrgreen:
    De quatro viagens que já fiz, internacionais, em três Paris entrou no meu roteiro.
    Adoro a história da Revolução Francesa, acho que é por isto que amo tanto a França.
    Até o jeito indiferente e meio esnobe do francês não me incomoda, apesar de achar que eles são bem menos antipáticos do que dizem
    Franceses já me disseram que esta antipatia é muito do Parisiense e nem tanto dos de outras regiões.
    Conheço outras cidades além de Paris e não percebi muito nariz levantado não.
    Mas eu nem ligo, vou continuar indo a PAris muitas e muitas vezes.
    Vou seguir teu blog.
    Abraços Fraternos
    Maria Esther
    Obs. Escrevo PAris com o A maiúsculo por causa da Torre Eiffel rsrsrs

    • Ola Maria Esther,
      Olha, sou obrigada a concordar com você: Paris é apaixonante mesmo !
      Também adoro a Historia do paìs, as tradições, a gastronomia. E o jeito dos Franceses, eu também acho um charme…
      Pessoalmente, nunca sofri com antipatia nem ma vontade. Acho que tem muito a ver com o jeito da gente se comportar também…
      E é verdade, as pessoas que moram em outras cidades (menores que Paris), costumam ser mais calmas, pacientes e acolhedoras.
      Gostei do seu PAris 😉
      Um abraço…

  62. Marcio Facione dit :

    Oi Luciana!
    Irei para Paris no final do ano e gostaria de algumas dicas de restaurantes, se possível baratos, que possam estar próximo ao hotel De La Paix, onde vou me hospedar. Esse hotel fica na Rua Duranton.

  63. Rogério Elliot dit :

    Olá Luciana! Parabéns pelo seu trabalho. Show de bola pois me ajudou muito. Vou a França em junho e gostaria de saber se neste mês a temperatura costuma cair bastante e se tu me aconselhas a colocar uma roupa de frio na mala. Obrigado.

  64. Renata Lyrio dit :

    Lú, onde encontro produtos Loreal para comprar?
    Onde acho echarpes de tecido grosso e estampas diferentes? Ouvi falar nos tecidos africanos. Maravilhosos!

  65. ANDRÉ LUIS LUCIDI dit :

    BOA NOITE,

    LUCIANA,VIAJAREMOS EM 3 PESSOAS E DESEJAMOS PERCORRER DE PARIS ,EM UMA VIAGEM NO TOTAL DE 12 DIAS, A PROVENCE, DE CARRO. QUE CIDADES VOCE RECOMENDA PARAR E O

    • Ola André, olha, de Paris à Provence, eu te recomendaria de visitar Orléans, Lyon, Avignon, Aix en Provence, Marseille, Saint-Tropez, Cannes e Nice…
      Um abraço e boa viagem para vocês 😉

  66. Vania dit :

    Olá Luciana, tudo bem?
    Estou indo na proxima terça feira dia 05 de maio para Paris, seu blog está me ajudando muito pois não temos nenhum conhecimento da língua, gostaria de saber se você consegue mensurar uma média do gasto diário com comida e os passeios, vamos ficar sete dias e pretendemos visitar os principais pontos turisticos e variar entre uma refeição rapida e com custo menor durante o dia mas também nos presentearmos com um bom jantar em algumas noites, nada muito exorbitante, será que você consegue me ajudar?

    • Oi Vânia, tudo bom ?
      Bom, estou respondendo meio em cima, hein?
      Olha, eu diria em média, pelo menos 50€ por dia, por pessoa.
      Minhas contas são : 5€ para o café da manha, 10€ para o almoço e 20€ para o jantar. Sobram 15€ para os passeios (o que não é muito), mas como é uma média, certamente de vez em quando você vai so passear à pé e não comprar ingressos para alguma coisa…
      Um abraço !

  67. Fernanda dit :

    Olá Luciana,

    Estou indo para a França com meu esposo no mês de maio, gostaria de saber se somente com inglês dá para se sair bem na França, pois meu francês é extremamente precário.

    Obrigada.

    • Olá Fernanda, como vai?
      Olha, não fique preocupada, dá pra se virar bem só com inglês sim.
      A dica que eu sempre dou aqui, é para as pessoas comprarem o máximo de bilhetes e ingressos pela internet (aliás, agora a gente está vendendo ingressos aqui no blog, é só dar uma olhada no menu principal!) e de organizarem direitinho os passeios antes de saírem do hotel.
      Na hora de comer, a dica é de escolher o menu do lado de fora, assim, quando você entrar, já sabe o que pedir.
      Se você quiser, você também pode dar uma olhada no post que eu escrevi explicando como é que a gente fala algumas frases principais em francês:

      Espero ter ajudado,

      Um abraço e boa viagem !

  68. Carmen Lygia Antunes boro dit :

    Matéria clara e direta…Luciana
    Gostei!

  69. MILA dit :

    Olá, seu post parece ter sido feito pra mim. Estou indo pela primeira vez a Paris dia 14 de abril e fico até dia 28 de abril. Já tenho um roteiro organizado, essa semana estou comparando as entradas do Louvre e da Torre, por recomendações de amigos que já foram, procede? Mas em relação a alimentação estava sendo bem complicado agora deu uma clareada. Estou indo com uma criança de 9 anos. Estou em dúvidas também em relação a roupa, temperatura, algum conselho? Outra coisa, dizem que os melhores creppes são vendidos nas barraquinhas na rua, indica algum? E alguma coisa imperdível para criança? 😉 😉 Obrigada, Mila

    • Oi Mila, que bom que o post te ajudou 🙂
      Quanto ao clima, eu ja publiquei um post com dicas de roupas para cada estação. Se você quiser dar uma olhada, clique aqui: “Como é o clima em Paris“.
      Olha, nao é pra ser do contra, mas geralmente eu nao gosto de nada que é vendido em barraquinha de rua 🙂 Prefiro de longe as creperias tradicionais…
      Em relação a programa pra fazer com uma criança de 9 anos, eu recomendo sem hesitar a Cité des Sciences. Os meus filhos adoram. Eu ja dei a dica e as informações no post “Paris para turistas de primeira viagem” 🙂
      Espero que você goste…
      Um abraço e uma ótima viagem para vocês.

  70. Andréa de Azevedo Freitas dit :

    Luciana, parabéns pelo post, você sempre didática nos seus esclarecimentos. Vou acrescentar o nome de mais um supermercado que oferece uns bons pratos frios: O Auchan. Na estação La Defense do metrô tem um Auchan que por si só já é uma boa pedida, porque vende de tudo, a bom preço, e está inserido no 4 Temps, que tem um bom mix de lojas. Bem na entrada do mercado tem uma lanchonete que fica lotada no horário do almoço, porque o povo dos escritórios corre pra comer e aproveitar um pouquinho das lojas. Come-se uma salada fresca, com lascas de frango, mais um pãozinho, e bebida, por uns 5 euros. Saudável e prático. Quanto aos garçons serem antipáticos, acho que é mais folclore do que verdade, sempre fui bem atendida, em todos os lugares que entrei e nada tenho a reclamar. Acho que as pessoas criam expectativa excessiva e se decepcionam à toa. Continue publicando seus comentários, adoro!!

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

😉 😐 😡 😈 🙂 😯 🙁 🙄 😛 😳 😮 mrgreen.png 😆 💡 😀 👿 😥 😎 ➡ 😕 ❓ ❗