O Ano Novo na França

No Natal, os costumes, as regras de etiqueta e as boas maneiras são fundamentais em qualquer família francesa que se preze 🙂 Mas quais são as tradições do Ano Novo na França?

Champagne - Autor: Andrea Parrish Geyer - Flickr

Champagne – Autor: Andrea Parrish Geyer – Flickr

Na verdade a festa do Ano Novo na França é mais um momento de liberdade do que de tradição. Enquanto no Natal eles são super rigorosos com os usos e costumes, com as tradições, o detalhe na apresentação e na degustação dos pratos e no convívio com a família, no Ano Novo a hora é de A-L-E-G-R-I-A !! Nada de mesa arrumadinha com a toalha de linho da vovó, nada de castiçal, nem de tirar a prataria do armário. Ano Novo rima com bagunça e com festa entre amigos. Aliás, normalmente, os Franceses nem passam o Ano Novo em família. Se existe uma tradição para a virada do ano, é passar esse momento com os amigos esperando a meia-noite chegar para poder gritar: BONNE ANNÉE !! Farra, boa música e muito champanhe são as melhores tradições do Ano Novo na França. Sim, porque nenhum Francês digno desse nome, aceita virar o ano sem abrir uma boa garrafa de champanhe para comemorar. Senão não é nem uma questão de azar, é indignação pura !! Afinal, na França não tem como brindar sem champanhe. Questão de honra nacional 😉

Champanhe - Autor: Chrischapman - Flickr

Champanhe – Autor: Chrischapman – Flickr

A noite da virada do ano aqui é conhecida como Réveillon de Saint-Sylvestre. Sylvestre foi o 33º Papa. Originário de Roma, ele ocupou o trono de São Pedro de 314 à 335. Após o reconhecimento do Cristianismo como religião oficial do Império Romano, o Papa Sylvestre teve a difícil tarefa de unificar e organizar a Igreja Católica numa sociedade finalmente pacífica. No entanto, nessa época o ano costumava começar no dia 1ª de Março. Só em 1564 é que o Rei Charles IX decidiu uniformizar o calendário do Reino e decretou o início do ano como sendo o dia 1º de Janeiro. Agora, porque foi que São Silvestre ficou “conhecido” como o Santo da virada do ano … só Deus sabe 🙂

 

Uma tradição antiga dos Gauleses seria de se cumprimentar à meia-noite em baixo de um ramo de visco ou de azevinho. Ela ainda é praticada nas famílias mais tradicionais. Segundo as crenças, isso traria prosperidade e sorte no Novo Ano. As pessoas também costumam dar um dinheirinho às crianças, respeitando a tradição que vem desde o Império Romano de distribuir as “etrennes”, moedas ou medalhas por bons serviços prestados aos empregados ou as passantes no 1º dia do ano.

Arvores de Visco – Autor: Capitphil – Flickr

Nas ruas os carros buzinam e as pessoas tocam trompetas saudando o Ano Novo. Sem esquecer o Presidente da República, que não pode faltar ao seu encontro com o Povo Francês, às 20H do dia 31 na televisão, onde ele apresenta os seus votos de Feliz Ano Novo.

Mas ao contrário de nós, que enviamos todos os nossos cartões e mensagens de Feliz Ano Novo até ao dia 31 de Dezembro, os Franceses só começam a enviar os deles à partir do dia 1º de Janeiro. E isso pode durar até à 3ª semana do mês. Bom, até porque a própria festa do Réveillon costuma durar até ao dia da Epifânia (06 de janeiro – dia de Reis), onde a tradição é de comer a deliciosa Galette des Rois. É HOJE !! Hummmm!!!

Para quem quiser saber mais sobre essa tradição ou experimentá-la, dê uma olhada nos nossos artigos: “Hoje é dia de Comer a Galette de Rois” e “Receita da Galette des Rois“.

Ah, e antes que eu me esqueça, BONNE ANNÉE !!!

À propos de Luciana Ferreira

Cheguei na França em 2006, meio por acaso, graças a um intercâmbio da faculdade. Me apaixonei por esse país moderno, acolhedor e cheio de charme. Acabei gostando e ficando, ficando, ficando... Consciente de que nem sempre é facil achar informações credíveis sobre os lugares quando estamos longe, pretendo contar prá vocês as pequenas (e as grandes) coisas do quotidiano, das tradições e do turismo na França que me fascinam. Talvez mesmo, desfazer alguns mal-entendidos e acabar com os clichês. Aqui, a cultura, a história, a gastronomia, o savoir vivre são apenas algumas das tantas coisas que nos seduzem e encantam. Jurista de formação, apaixonada pela escrita, estou criando este espaço para partilhar com todos os interessados, esse encantamento pela cultura e pela vida francesas.
Ce contenu a été publié dans Cultura, Jeito de Viver, Sociedade, avec comme mot(s)-clé(s) , , , , . Vous pouvez le mettre en favoris avec ce permalien.

9 réponses à O Ano Novo na França

  1. Ping : Um Café e Um Amor » Arquivo » Ano Novo Em 5 Países Diferentes

  2. maria jose dit :

    Cara Luciana ,

    otimo encontrar um blog assim tao completo e recheado de boas ”dicas” a viajantes a Paris- Eu tenho a intenção de visitar Paris no Reveillon- que ”dicas” você poderia dar-me a esse respeito ? onde passar o ano ?? algum restaurante festivo ?? vou hospedar-me em Saint Germain du Pres –
    muito lhe agradeço desde ja !!!

  3. Mery Costa dit :

    Olá Luciana, sou fã do seu blog e apaixonada por Paris. Acompanho tudo que se refere a essa linda cidade e fiquei maravilhada com a iniciativa da Prefeita em fazer uma “praia” às margens do Sena. Depois de fazer alguns cálculos, descobri que posso ficar em Paris por até 10 dias e seguindo sua sugestão, pretendo ficar no Centro da cidade. Meu marido adora cozinhar e disse que gostaria muito de cozinhar em Paris. Será que consigo alugar um aptº pequeno c/cozinha no centro? Qual o custo aproximado? Comprando ingressos na internet terei que retira-los na bilheteria em Paris? Quanto as vans citadas no vídeo da sua palestra, como entro em contato? Para curtir um friozinho, mas com sol, qual o melhor mês do ano? Ouvi falar que os pratos congelados franceses são ótimos, posso compra-los onde em Paris? Obrigada pela atenção. Aguardo sua resposta, pois pretendo viajar ano que vem. Um forte abraço!!!

    • Oi Mery, tudo bom ?
      Olha, eu acho uma boa alugar um apartamento ou ficar num aparthotel. Ja até escrevi um post sobre as vantagens dos apartamentos turísticos
      Quanto ao custo, depende da época que você pretende ir. Você pode dar uma olhada nos links do post acima ou entao fazer uma pesquisa no nosso motor de buscas.
      Qualquer coisa, me manda as datas da viagem (com bastante antecedência!) que eu dou uma olhada pra vocês 😉
      Em relação aos ingressos, não sei de que ingressos você esta falando…
      As vans que eu cito podem ser as da Paris Feliz, por exemplo. Eu ja falei deles aqui num post. Eles são super gente boa. Da uma ligada e fala que é leitora do blog. A Luciana é um amor (alias, como o proprio nome indica 🙂 )…
      Ihh Mery, te garantir um mês de friozinho com sol é dificil hein!! Olha, eu diria a primavera. Tipo março ou abril. Setembro e outubro também costumam ser bons meses. Mas não posso te garantir que não chova, né ?
      Quanto aos pratos congelados, realmente tem alguns que são ótimos. Eu gosto bastante dos pratos de uma loja que se chama Picard. Eles são especialistas de pratos congelados. Você pode comprar coisinhas simples para um almoço rápido ou entao coisas super sofisticadas para um jantar romântico ou até uma festa. Eu ja fiz um réveillon so com produtos Picard porque eu estava sem tempo e todo mundo adorou !! Fica a dica 😉
      Um abraço e até breve !

  4. leide dit :

    Ola, Luciana
    li e gostei do que li, enfim gostaria de saber quais são as
    etiquetas e boas maneiras no trabalho (França)
    um abraço e ate mais

    • Ola Leide, como vai?
      Olha, eu acho que as boas maneiras no trabalho são uma extensão das boas maneiras mais utilizadas na vida quotidiana…
      As pessoas costumam ser discretas, evitam ficar fofocando sobre a vida dos colegas de trabalho, falam baixo e cumprimentam todo mundo quando chegam.
      Conforme o nível de intimidade e o ambiente de trabalho, as pessoas apertam a mão dos colegas ou dão dois beijinhos no rosto. Ah, um detalhe engraçado, no Brasil a gente dá dois beijinhos começando pela face direita. Aqui na França eles começam pelo lado esquerdo, então, a gente sempre fica meio confuso pra dar dois beijinhos em alguém (enquanto não acostuma com esse detalhe). Outra coisa diferente, é que segundo a região da França onde você vai (ou da onde a pessoa que você está cumprimentando vem), as pessoas se cumprimentam com 2, 3 ou 4 beijos 🙂 É bem estranho quando a gente não está acostumado…
      Para informações mais detalhadas, eu estou escrevendo um post sobre as boas maneiras na França. Fique de olho que em breve ele vai sair 😉
      Um abraço

  5. Andréa de Azevedo Freitas dit :

    Bonne Année a toi aussi!http://www.avidafrancesa.com/wp-content/plugins/wp-monalisa/icons/wpml_yahoo.gif

  6. cerise dit :

    Olá amiga estava sumida…. obrigada sempre por nos presentear com as curiosidades da nossa bela França…super beijo!!! 🙂 😉

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

😉 😐 😡 😈 🙂 😯 🙁 🙄 😛 😳 😮 mrgreen.png 😆 💡 😀 👿 😥 😎 ➡ 😕 ❓ ❗