Após os Atentados do dia 13 de Novembro: É possível passear em Paris ?

Sei que várias pessoas que estão em Paris ou que estão com viagem marcada para a Capital Francesa, de repente ficaram com medo, cheios de dúvidas: Como vão ser as coisas agora ? Será que após os atentados do dia 13 de Novembro é possível passear em Paris tranquilamente ?

Plano Vigipirate em Paris - Autor: Petit_Louis - Flickr

Plano Vigipirate em Paris – Autor: Petit_Louis – Flickr

Numa situação extrema e traumática como essa que aconteceu em Paris ontem à noite, acho que ninguém pode dizer que se sente completamente tranquilo ou em segurança. A França foi atingida covardemente, em lugares populares de saída noturna e de diversão. Em plena 6a feira à noite. Bares, restaurantes e casas de espetáculos lotados. Um absurdo de desumanidade. Como medida de precaução, o Presidente François Hollande decretou o estado de urgência nacional. Então, para quem está na cidade, realmente não vai ser muito agradável. A cidade está sob influência do choque. O Prefeito de Polícia recomendou à população de restringir ao máximo as saídas e as deslocações em Paris neste fim de semana. A maior parte dos monumentos turísticos e dos grandes estabelecimentos Parisienses preferiram permanecer fechados.

 

Todos os grandes eventos previstos na região Parisiense até 2a feira foram cancelados:

  • As corridas hípicas de Saint-Cloud e Auteuil;
  • Várias semi-maratonas;
  • Concertos previstos no Zenith de Paris;
  • O Festival Les inRockuptibles;

Os transportes públicos continuam funcionando normalmente durante todo o fim de semana. Todas as estações de metrô, de trem, assim como os aeroportos de Paris estão abertos e as linhas funcionam normalmente, com a única diferença que a polícia está em massa na cidade. Os controles de identidade foram aumentados, assim como a vigilância dos pontos estratégicos da cidade.

Policia em Paris - Autor: Damien Cluzel - Flickr

Policia em Paris – Autor: Damien Cluzel – Flickr

Todos as escolas e universidades estão fechadas. As viagens de estudantes programadas para este fim de semana foram todas adiadas. Em princípio, todos os estabelecimentos funcionarão normalmente à partir de 2a feira.

Todos os estabelecimentos e equipamentos públicos estiveram fechados neste sábado. A medida deve ser estendida à Domingo também.

Todos os cinemas estão fechados neste sábado.

Não houve indicações governamentais sobre o modo de funcionamento das atrações turísticas. Sim, cada estrutura fixou livremente as suas próprias medidas de segurança:

  • A Torre Eiffel não abriu neste sábado e permanecerá fechada até nova ordem;
  • O Museu do Louvre abriu hoje de manhã mas acabou optando pelo fechamento durante o período de 3 dias de luto nacional decretado pelo Presidente da República;
  • As feiras e mercados de rua devem permanecer fechados durante pelo menos 5 dias;
  •  As lojas como Printemps ou as Galeries Lafayette também abriram hoje cedo, mas acabaram fechando por não terem condições de garantir uma segurança total aos visitantes;
  • O Bon Marché, os centros comerciais Les Halles e Italie 2, assim como a maior parte das lojas de luxo da cidade (Louis Vuitton, Christian Dior, Yves Saint-Laurent, Gucci, Boucheron) e várias redes de lojas preferiram permanecer fechados.
  • A mesma decisão (extremamente rara !) foi tomada pelos parques de atrações EuroDisney e Astérix.

Todas as competições esportivas previstas para este final de semana também foram anuladas…

Por outro lado, por questões de segurança, todas as manifestações públicas foram proibidas. Segundo o Chefe da Polícia, os agentes policiais precisam continuar concentrados na segurança do país e da população, assim como nas investigações relativas aos atentados. Assim sendo, eles não poderiam “distrair” os agentes da missão prioritária que eles têm que assumir nesse momento, para garantir a segurança específica necessária para esse tipo de eventos.

 

Mas como manifestações e reuniões públicas são a atividade preferida dos Franceses, a Polícia acabou desistindo de tentar dispersar as pessoas que se reuniram nas principais praças do país para rezar, para pedir Paz e sobretudo para reivindicar o direito supremo de cada ser humano à vida e à liberdade. Manifestações livres pela integridade de cada cidadão e para dizer NÃO ao medo !

http://www.dailymotion.com/video/x3dtt3q

Junto ao Bataclan (uma casa de espetáculos tradicional parisiense – principal alvo dos terroristas ontem à noite, provocando 82 mortos e inúmeros feridos), alguém desceu um piano, instalou-o no meio da calçada e começou a tocar “Imagine”. No meio do caos, cada um manifesta sua revolta ou seu desejo de Paz como pode …

http://www.dailymotion.com/video/x3dsfi0

Pequeno ponto sobre as vítimas:

Às 13 horas desse sábado, 14 de Novembro 2015, os Hospitais de paris divulgaram uma nota sobre o estado das vítimas:

  • 300 pessoas foram recebidas nesses hospitais desde ontem à noite em decorrência desses ataques;
  • 80 pessoas continuam em estado de urgência absoluta;
  • 177 pessoas apresentam um quadro de urgência moderada;
  • 43 pessoas apresentam ferimentos leves;
  • 53 pessoas tiveram alta;
  • Ponto provisório: 128 mortos.

Mas vale lembrar que o terror paralisa, amedronta, corrói, mas não destrói as convicções de uma civilização inteira, nem a beleza de uma cidade como Paris.

O medo vai passar e a Cidade Luz vai continuar brilhando, porque a beleza vem de dentro !

À propos de Luciana Ferreira

Cheguei na França em 2006, meio por acaso, graças a um intercâmbio da faculdade. Me apaixonei por esse país moderno, acolhedor e cheio de charme. Acabei gostando e ficando, ficando, ficando... Consciente de que nem sempre é facil achar informações credíveis sobre os lugares quando estamos longe, pretendo contar prá vocês as pequenas (e as grandes) coisas do quotidiano, das tradições e do turismo na França que me fascinam. Talvez mesmo, desfazer alguns mal-entendidos e acabar com os clichês. Aqui, a cultura, a história, a gastronomia, o savoir vivre são apenas algumas das tantas coisas que nos seduzem e encantam. Jurista de formação, apaixonada pela escrita, estou criando este espaço para partilhar com todos os interessados, esse encantamento pela cultura e pela vida francesas.
Ce contenu a été publié dans A Vida Francesa, Jeito de Viver, Passeios, Sociedade, avec comme mot(s)-clé(s) , , , . Vous pouvez le mettre en favoris avec ce permalien.

8 réponses à Após os Atentados do dia 13 de Novembro: É possível passear em Paris ?

  1. Patrícia dit :

    Olá Luciana,

    Estou a planear ir à Disney em Abril com os meus filhos. Não costumo viajar para o estrangeiro, nem posso gastar muito dinheiro e tenho algumas dúvidas:
    – Qual o melhor aeroporto para chegar em Paris para visitar a Disney?
    – Devo procurar hotel em Paris ou perto da Disney?
    – Acha que 3 dias é suficiente para visitar o Parque?
    – Quanto tempo demora o metro do centro de Paris ao Parque? Em média de quantos em quantos minutos passa o metro?

    Obrigada pela ajuda.

    • Oi Patricia, tudo bom ?
      – Olha, para chegar na Disney tanto faz vir pelo aeroporto de Orly ou pelo Charles de Gaulle porque um fica a sul da cidade e a outra a norte, enquanto a Disney fica bem afastada de Paris, mas a leste. O aeroporto que fica mais distante da cidade é o de Beauvais, mais também tem um transfert de ônibus até ao centro.
      – Quanto ao hotel, depende. Se você so vem pra ficar na Disney, acho melhor escolher um hotel la perto. Mas se você também quer dar uma volta na cidade, acho melhor ficar mais perto da cidade. Se vc quiser que eu dê uma pesquisada pra você, me manda as informações de que tipo de hotel você esta procurando, preço previsto por noite, numero de pessoas, idade das crianças, etc…
      – Acho que 3 dias da bem pra visitar o parque sim.
      – Do centro de Paris até ao parque não é o metrô que vai, é o RER (trem). Deve levar uns 45 minutos.
      Para ter uma idéia do trajeto, você pode dar uma olhada no site http://www.ratp.fr
      Um abraço e boa viagem para vocês !

  2. Tida dit :

    Luciana, sentimos muito essa tragédia aí em Paris. Embora o momento não seja o ideal, estou com viagem programada a meses para ir junto com a família passar o natal em Paris. Vc poderia me dizer como está a vida dos turista por aí, muitas restrições? Ficaria muito grata se me dissesse a situação atual.

  3. Mairla dit :

    Admiro muito a França, sua história e jeito de viver. Gostei muito quando a visitei e fiquei lembrando das pessoas que conheci e rezei muito para que não tivessem sido atingidas diretamente. Aqui no Brasil todos enviamos muitas vibrações de carinho e ânimo para a França. Acredito muito na fibra e na energia dos franceses, e torço para que encontrem os melhores caminhos para superar essa situação. Obrigada pelas informações, um resumo esclarecedor.

    • Pois é Mairla, realmente é muito triste o que aconteceu.
      Fiquei comovida de ver tantos brasileiros se solidarizando com o que tinha acontecido aqui. Nós também ficamos muito chocados com esse problema que houve em Minas Gerais. Horrível isso !
      Obrigada pelas orações. A França, o Brasil e o mundo precisam muito 🙂
      Um abraço e até breve !

  4. FRANCISCA dit :

    Olá Luciana,

    Apesar dos acontecimentos recentes, pretendo visitar Paris em maio de 2016. Seu blog é interessante e as fotos são legais. Os relatos ajudam bastante os leitores com dicas de um modo geral sobre a cidade. Parabéns pelo blog!

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

😉 😐 😡 😈 🙂 😯 🙁 🙄 😛 😳 😮 mrgreen.png 😆 💡 😀 👿 😥 😎 ➡ 😕 ❓ ❗